Header Ads

  • Breaking News

    IDF vão investigar morte de enfermeira de Gaza

    Forças Armadas de Israel dizem que vão investigar morte de enfermeira de Gaza.

    Os militares israelenses afirmaram neste sábado que estão investigando a aparente morte de uma enfermeira palestina por parte de suas tropas na sexta-feira durante protestos na fronteira de Gaza.
    Autoridades de saúde e testemunhas disseram que as forças israelenses mataram Razan al-Najar, de 21 anos, uma voluntária, enquanto ela corria em direção à fronteira, a leste da cidade de Khan Younis, em Gaza, na tentativa de chegar a uma vítima.
    As forças israelenses disseram que militantes palestinos atacaram suas tropas ao longo da fronteira com tiros e uma granada.
    Em uma nota por escrito neste sábado, os militares afirmaram que investigariam a morte de al-Najar.
    Milhares compareceram ao funeral de al-Najar em Gaza no sábado, incluindo algumas que ela havia tratado quando foram feridas em protestos anteriores na fronteira. Seu corpo estava envolto em uma bandeira palestina e foi levado pelas ruas em uma maca pelas pessoas.
    "Com nossas almas e sangue, nós a redimimos como mártir Razan", gritavam os palestinos, enquanto o corpo era levado a sua casa para uma última despedida antes do enterro.
    Moradores disseram que al-Najar era uma figura popular nos locais de protesto, e fotos que a representavam como um anjo circularam nas redes sociais palestinas.
    Sua morte elevou para 119 o número de palestinos mortos em manifestações semanais lançadas em 30 de março na Faixa de Gaza, um enclave controlado pelo grupo islâmico Hamas e sujeito há tempos a embargos israelenses e egípcios.

    Nenhum comentário

    Deixe sua opinião

    Post Top Ad

    Post Bottom Ad

    Web Statistics