Escultura com 2.800 anos que pode representar rei bíblico

Foi descoberta uma escultura minúscula, minuciosamente esculpida, no norte de Israel. A escultura, com mais de 2.800 anos, pode representar a cabeça de um rei bíblico.
Mario Tobia, um estudante de engenharia de Jerusalém, descobriu uma escultura no verão passado, num grande edifício no ponto mais alto da cidade de Abel Beth Maacah, mencionada várias vezes na Bíblia Hebraica.
A cabeça tem 5,1 por 5,6 centímetros de tamanho e já foi parte de uma pequena estatueta com cerca de 25 centímetros de altura, afirmaram os arqueólogos.
“Apesar da aparência minúscula e inócua da cabeça, esta escultura proporciona-nos uma oportunidade única de olhar nos olhos de uma pessoa famosa no passado, um passado consagrado no Livro de Eras (a Bíblia Hebraica)”, afirmou Robert Mullins, responsável pelas escavações da cidade antiga, em comunicado.
Mas quem é o homem com uma expressão séria e cabelos longos? A qualidade do detalhe e o facto de a escultura ter sido encontrada num edifício no pico da cidade indicam que a escultura representa uma pessoa pertencente à elite. “Supomos que seja um rei, mas não temos forma de o provar”, disse Mullins.
Escultura com 2.800 anos que pode representar rei bíblicoA datação por radiocarbono de material orgânico encontrada no mesmo edifício sugere que o objeto foi construído por volta de 902-806 a.C.. Dado este longo período de tempo, a escultura poderia representar vários reis – tendo ainda em conta que Abel Beth Maacah mudou de rei várias vezes durante este período de tempo.
Ainda assim, Mullins aponta três hipóteses: o rei Acabe de Israel, o rei Hazael de Aram-Damasco e o rei Etbaal de Tiro (embora haja muitos outros candidatos).
As escavações no edifício onde a escultura foi encontrada vão continuar durante este verão. Os arqueólogos esperam encontrar mais informações que possam ajudar a determinar quem representa esta escultura em miniatura.
As escavações em Abel Beth Maacah são realizadas pela Universidade Azusa Pacific e pela Universidade Hebraica de Jerusalém. Os outros dois responsáveis são Naama Yahalom-Mack e Nava Panitz-Cohen, ambos investigadores da Universidade Hebraica de Jerusalém.
A escultura em miniatura está em exposição no Museu de Israel, em Jerusalém. Os cientistas vão publicar um artigo sobre a descoberta ainda este mês, na revista Near Eastern Archaeology.
ZAP // Live Science
Share on Google Plus

About Coisas Judaicas

No Coisas Judaicas, fazemos de tudo para manter nossos amigos e visitantes bem informados. Todo mês, mais de 45 mil visitantes do mundo inteiro procuram nosso Blog para ler sobre:Judaísmo, Israel e o mundo judaico. É a nossa missão

1 Comentários:

  1. Olá, venho comentar algo que nada tem haver com n publicação, mas por ser a mais recente queria perguntar quando que vocês dos “ coisas judaicas” irão fazer um artigo sobre o sobrenome “ Cerqueira” agradeço desde já.

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião

[Fechar]

Receba gratuitamente o melhor conteúdo do Coisas Judaicas no seu e-mail e fique sempre atualizado.

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner