Header Ads

  • Breaking News

    Meron

    Meron - Coisas Judaicas
    Monte Meron
    Não muito distante da gruta onde Rabi Shimon e seu filho Elazar esconderam-se por treze anos está a aldeia de Meron. Lá, no alto das lindas montanhas da Galiléia, está o local onde foi sepultado Rabi Shimon, venerado até os dias de hoje como um dos locais mais sagrados na Terra de Israel.
    A cada ano em Lag Baômer, dezenas de milhares de judeus dirigem-se a Meron com suas famílias, para celebrar o dia de Rabi Shimon. Vêm de todas as partes do país e do mundo todo, para rezar sobre seu túmulo, estudar seu sagrado Zôhar e para dançar, cantar e festejar.
    Na véspera de Lag Baômer, os campos e montanhas perto de Meron ficam repletos de pessoas até onde a vista pode alcançar. Alguns montam barracas e passam a noite, ou mesmo vários dias. Canções e risos, e o odor de comidas deliciosas enchem o ar. Ao cair da noite, as pessoas fazem fogueiras gigantes, iluminando a escuridão com a luz brilhante e reluzente da Torá.
    Esta festa é chamada a "Hilulá (banquete de núpcias) de Rabi Shimon bar Yochai" - uma celebração não apenas aqui neste mundo, mas no mundo superior dos anjos, e além deste. Tem sido uma tradição por muitas centenas de anos, e alguns dos maiores Sábios de todos os tempos seguiram este costume. Todos os tipos de judeus se reúnem em Meron por ocasião de Lag Baômer - judeus orientais, judeus europeus, judeus israelenses - e pelo grande mérito de Rabi Shimon, todos estas pessoas de origens diferentes se reúnem como se fossem uma só.

    Nenhum comentário

    Deixe sua opinião

    Post Top Ad

    Post Bottom Ad

    Loading...
    Web Statistics