Colega de Anne Frank e sobrevivente do nazismo faz palestra no Museu do Holocausto

Colega de Anne Frank e sobrevivente do nazismo faz palestra no Museu do Holocausto
O Museu do Holocausto de Curitiba programa para o dia 19 de junho uma palestra a escritora holandesa Nanette Blitz Konig, uma sobrevivente do holocausto e uma das ultimas amigas vivas da jovem autora Anne Frank (1929-1945). Aos 89 anos, ela foi colega de classe de Anne Franke e uma das últimas pessoas a conversar com Anne no campo de concentração nazista de Bergen-Belsen. 

Leia Também
A palestra batizada de “Sobrevivi ao Holocausto”, mesmo título de seu best-seller lançado em 2015, está marcada para o dia 19 de junho, às 19h, no Teatro da Reitoria da UFPR. A entrada é gratuita (mas já está esgotada). 
Testemunhas do nazismo
Nanette mora em São Paulo desde a década de 1950. Ela levou 70 anos para transformar em livro o horror que viu e viveu com sua família de origem judaica, a partir de 1940, quando os soldados alemães chegaram a seu país.A família foi presa em 1943 e ninguém com exceção dela, sobreviveu. Quando ela foi salva pelo exército aliado tinha 16 anos e 31 quilos.
Nanette é citada como colega de classe no famoso diário de Anne Frank, o livro mais célebre sobre o período de ocupação nazista, escrito pela menina holandesa de um esconderijo em Amsterdã. Nanette deve falar muito sobre os momentos de convívio que as duas tiveram no colégio e depois no campo de concentração. O livro O Diário de Anne Frank é um dos mais lidos da história com mais de 35 milhões de exemplares vendidos em traduções para 60 línguas.

Postar um comentário

0 Comentários