Header Ads

  • Breaking News

    Confrontos na fronteira de Gaza deixam mais mortos

    Confrontos na fronteira de Gaza deixam mais mortos
    Funeral de Murtaja

    Ao menos sete manifestantes palestinos foram mortos por soldados israelenses durante protestos na fronteira entre Gaza e Israel nesta sexta-feira (6), fazendo chegar a 27 o número de mortes em uma semana de distúrbios, segundo o Ministério da Saúde de Gaza.
    Os mortos desta sexta incluem dois adolescentes de 16 e 17 anos. Ao menos 200 pessoas ficaram feridas.
    A Grande Marcha do Retorno, como a manifestação foi chamada pelo grupo extremista Hamas, que controla Gaza desde 2007, começou na sexta-feira da semana passada. Os organizadores montaram acampamentos em dez pontos na fronteira, a uma distância de 500 metros da cerca.
    Grupos de jovens têm ido além dessa distância, arriscando-se a levar disparos israelenses quando tentam jogar pedras e incendiar pneus. 
    "Israel tomou tudo de nós, a pátria, a liberdade, o futuro", disse Samer, 27, que não quis dar o nome todo. 
    Segundo Israel, a maioria dos mortos são militantes do Hamas. Franco-atiradores israelenses foram posicionados na fronteira para impedir "qualquer quebra da infraestrutura de segurança e da cerca, que protege civis israelenses". 
    O porta-voz do governo israelense, David Keyes, acusou o Hamas de ter instigado protestos violentos na fronteira. 
    O líder do Hamas em Gaza, elogiou aqueles que confrontam "o inimigo que nos sitia", em discurso em um dos acampamentos. 
    O presidente palestinos, Mahmoud Abbas, que tem pouco controle sobre Gaza, condenou o que chamou de "atos de assassinato e de opressão conduzidos contra o levante pacífico". 
    Uma porta-voz de direitos humanos da ONU instou Israel a exercer contenção contra os manifestantes palestinos. "Israel tem obrigação de garantir que o uso excessivo de força não ocorra", afirmou Elizabeth Throssell, em Genebra.

    Nenhum comentário

    Deixe sua opinião

    Post Top Ad

    Post Bottom Ad

    Web Statistics