Header Ads

  • Breaking News

    Vaykrá


    Vaykrá
    בס''ד
    לעילוי נשמת
    מזל בת אסתר  נאצר ז''ל נלב''ע ה' סיון תשמ''א
    חיים בן שפיאה נאצר ז''ל נלב''ע י''ז שבט תשס''ב

    אסתר בת אולגה שמאע ז''ל נלב''ע י''א כסלו תשנ''ה

    מרדכי בן שרה הכהן דואק ז''ל נלב''ע כ''ו תמוז

    גרשום בן עקיבא רבינוביץ ז''ל ב' אלול


    Nossa Parashá começa com a palavra Vaykrá (e chamou) fazendo com que essa palavra se torne tanto o nome da nossa Parashá quanto o nome desse nosso terceiro livro do "Pentateuco".

    Algumas letras no Sefer Torá tem que ser escritas obrigatoriamente maiores do que o normal e algumas são escritas obrigatoriamente pequenas. Uma dessas letras aparece na nossa Parashá, uma letra "Alef" pequena que é a última letra da palavra Vaykrá.

    Quando o terceiro Rebe de Lubavitch era uma criança e fez três aninhos de idade , seu avô , o "Baal HaTanya" o levou ao "cheider" (escolinha de meninos) e pediu para o "Melamed" (professor ​dos meninos) estudar com ele, como é o costume a primeira parte da nossa Parashat Vaykrá .

    Depois de estudarem , a criança perguntou ao avô :- Porque​ a letra "Alef" da palavra Vaykrá é pequena?

    A pergunta da criança despertou no Baal HaTanya um  profundo entusiasmo de devoção , e depois de alguns instantes explicou :

    - A Torá tem letras normais , tem letras pequenas como essa da nossa Parashá e letras grandes como a letra "Alef" da palavra "Adam" (no divrei haiamim)

    Tanto o Adam do "Alef" grande, quanto Moshe Rabeinu do "Alef" pequeno  foram pessoas que não existiram como elas.

    Adam foi criado pessoalmente por D'us e dele saiu toda a humanidade , Moshe Rabeinu foi o que recebeu a Torá diretamente de Hashem , falou com D'us "face a face" .

    Mas Moshe Rabeinu , mesmo tendo toda essa grandeza, a Torá testemunha sobre ele que ele era o mais humilde de todas as pessoas do mundo.

    Moshe Rabeinu era filho de Amram , o líder da geração, D'us se revelou para ele na ocasião do "arbusto incandescente", D'us o chamou para subir ao monte Sinai, etc etc etc , e como com tudo isso como ele conseguiu se manter humilde?

    Moshe imaginou que qualquer outra pessoa que estivesse nessas mesmas circunstâncias que ele estava e tivesse tido essas mesmas oportunidades que ele teve teria feito muito melhor do que ele, chegaria à níveis muito mais elevados e aproveitaria essas dádivas Divinas de uma maneira muito melhor.

    Por isso , nesse versículo que está expressando o carinho que D'us tinha por Moshe, "e chamou Moshe", a letra Alef é pequena mostrando a humildade de Moshe Rabeinu.

    Temos que aprender com  Moshe Rabeinu e usar esse raciocínio   para nós também!

    Uma incrível ligação entre a nossa Parashá e a festa de Pessach  vem nos ensinar exatamente isso.

    A Matzá é um pão que não fermentou e vem simbolizar a humildade, o chametz é um pão fermentado, um pão que "estufou" e representa a arrogância.

    A verificação do chametz vem nos ensinar que devemos verificar todas as nossas atitudes para ver se alguma delas não contém um pouquinho de "arrogância estufada" e tirar totalmente a prepotência da nossa personalidade!

    Os próprios preparativos de Pessach são um grande treino para se chegar à humildade.

    A gravidade de se comer chametz em Pessach (comer chametz em Pessach é uma transgressão a nível de "caret" com todas as suas consequências) , e os rigores de Pessach que não se encontram em nenhuma outra festa judaica colocam muitos de nós em um estado de "PessachFobia" com acréscimo de traumas acumulados de Pessach anteriores ,

    e depois de limpar a casa inteira ainda é capaz que uma criança corra atrás da outra para os quartos limpos com um pacote de biscoitos na mão esfarelando tudo no meio do caminho deixando os nervos dos pais à flor da pele.

    Nessa hora devemos despertar o aspecto "Moshe Rabeinu" da nossa alma e manter a alegria em todos os instantes.

    Lá vão algumas dicas para você sobreviver com muito amor e carinho a festa de Pessach 5778 que está comemorando 3330 anos da saída do Egito.

    Manual de sobrevivência de Pessach :

    Autoridades haláchicas decretaram que autorizações online são aceitáveis com o propósito de vender chamêts.

    1- Em primeiro lugar acesse agora mesmo  ao link abaixo e venda o seu Chametz


    Se puder : A prática tradicional e preferida, porém, é a autorização para a transação ser feita em pessoa com o rabino local. O Beit Chabad Central torna este serviço disponível gratuitamente para dar a todo judeu a oportunidade de ter seu chamêts vendido para Pêssach. Para isso clique abaixo e siga as instruções


    você também pode vender o seu Chametz online por este link


    Então, clique em algum dos links acima e dê a sua permissão aos rabinos para venderem o seu chametz.

    Lembre-se que a partir da hora que o rabino vende o seu chametz o biscoito perdido no quarto da estória acima que não for encontrado já não será mais seu em Pessach ,  

    mas não se esqueça de avisar as crianças para não comerem nada que for encontrado em Pessach sem mostrar para a mamãe.

    Então , não perca a paciência com as crianças e dê à eles todo o amor e carinho para eles associarem os preparativos de Pessach às boas lembranças da infância.

    2-Não deixe a cozinha para última hora:

    O principal da limpeza para Pessach é a cozinha. Os rabinos de Israel costumam dizer que "pó não é chametz e as crianças não são korban Pessach" . Ou seja, você não tem que se desgastar aonde não precisa e depois despejar a sua fúria encima das crianças .

    Vale a pena adiantar algumas coisas para não entrar em pânico de última hora, como por exemplo , se você tem o freezer da geladeira e outro freezer a parte, passe as coisas do freezer da geladeira para o outro freezer e já deixe o freezer de geladeira limpo para Pessach.

    3- Armários:

    Há quase cinco anos atrás minha esposa estava internada no hospital antes de Pessach e eu fiquei responsável por limpar a casa com a ajuda de uma nova ajudante não judia que nunca tinha visto uma limpeza de Pessach na vida.

    Entramos no primeiro quarto. Minha querida esposa antes de ir para o hospital tinha deixado o quarto limpo e arrumado e a ajudante não tinha entendido o que mais precisa limpar.

    Eu expliquei para ela que precisamos limpar o quarto para Pessach. Mas o que vem a ser isso? Simples!

    Tirei absolutamente tudo que tinha nos armários , coloquei encima das camas e pedi para ela limpar o armário por dentro e colocar de volta somente todas as coisas que não são comestíveis e qualquer coisa comestivel encontrada levar para a cozinha.

    Avisei antecipadamente que para Pessach a gente dá um bônus sendo que o trabalho é mais difícil.

    Por incrível que pareça haviam lá doces chametz que escondemos e esquecemos que tínhamos escondido!  

    Mas também se você não conseguir fazer dessa maneira mas sómente limpar os armários de maneira genérica e verificar bolsos e bolsas, já é o suficiente, principalmente pelo fato de você ter autorizado o rabino à vender o seu chametz.

    4- Carro:

    dá para adiantar isso também e lavar o carro muito bem lavado , principalmente por estarmos fazendo as compras de Pessach e levando nele.

    5- Compras para Pessach:

    Matzot, vinho, e derivados de leite e carne devem ser comprados com selo de supervisão rabínica Kasher LePessach

    Não se esqueça de comprar roupas novas para a sua esposa e filhos porque isso faz parte da Mitzvá do Yom Tov  de Pessach ,

    também devemos comprar uma (semi) jóia para a esposa , hoje que a variedade é grande é melhor dar o dinheiro para ela comprar, para ela poder escolher o que ela prefere.

    E o principal, os alimentos , que podem ser comprados em qualquer lugar de acordo com os produtos liberados na lista que se encontra anexa acima no lado direito do site


    ouna lista de Pessach do site


    As carnes podem ser encomendadas no site do Livenn


    Mesmo os estabelecimentos kasher estarão vendendo produtos kasher Lepessach e também não kasher Lepessach, então, quando você faz as compras de Pessach verifique se o produto que você está comprando é kasher Lepessach especificamente.

    6-Trabalho:

    Você tem seu próprio negócio? O chametz dos seus colaboradores não é seu, mesmo assim encaminhe esta página para os seus colaboradores judeus e peça para eles entrarem no site de venda do chametz e autorizarem o rabino à vender o chametz deles . 

    No Chol Hamoed Pessach,  de segunda-feira 2 de abril até quinta-feira 5 de abril (antes do pôr do sol de 5 de abril) o trabalho é permitido (mas o chametz continua sendo proibido) tente levar para os seus colaboradores judeus comida Kasher Lepessach.

    Se você é o dono do seu próprio negócio, a Bedikat Chametz (verificação do chametz) tem que ser feita no negócio também, mas se você não vai conseguir fazer a bediká tanto em casa quanto no trabalho , dá para fazer a bediká no trabalho sem Brachá nas noites anteriores à Bediká

    7-preparativos para Bedikat Chametz

    Vale a pena adiantar e conseguir uma pena de ave, uma colher de pau, uma vela de cera de abelha e um pacote de papel (que você vai usar para fazer a Bedikát chametz na quinta-feira, 29 de abril

    O importante é fazer tudo com alegria e a tranquilidade lembrando à todos à sua volta que Pessach é uma festa e não um pesadelo.
     

    🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷

    Agradecemos à Fernanda e Elias Messer que por meio da sua empresa Line Life apóiam a  nossa ONG TORÁ 

    Nossos agradecimentos também à querida família Nasser, às famílias Gueler e Rabinovich, à empresa Neeman despachantes aduaneiros à Francis e Fábio Grossmann (grupo Facislito) ,à Roger Ades e família, à querida família Guttmann, e à família Worcman grupo  hotel Rojas


    À Família Grinszpan, à Samy Sarfatis Metta , à Paola Yael Marino , à Lígia Marie,
    à empresa Adar Tecidos , à nossas voluntárias e à todos vocês que lêem a nossa Parashá.

    Que Hashem dê à eles e à todos vocês muito sucesso, muita saúde, muito dinheiro e felicidades judaicas de toda a família!

    Para o horário das velas de Shabat acesse ao site



    🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷

    Nosso projeto ONG TORÁ ISRAEL continua precisando de um apoio especial
    Muitos e-mails foram mandados para muitas pessoas para pedir esse apoio e os principais retornos infelizmente não foram das pessoas que receberam os e-mails mas sim da Google que bloqueou nossa conta de e-mail da ongtoraisrael@gmail.com por excesso de uso, e da caixa econômica federal que cobrou 40 reais da manutenção da conta que quase não foi usada deixando a nossa voluntária atônita

    Então mudamos para a Yahoo e mandar os e-mails novamente!

    Nosso novo e-mail é ongtoraisrael@yahoo.com.br .

    Receba-o com carinho, e mesmo se você não puder doar alguma coisa responda o e-mail com um Yashar Coach para a Edna, nossa voluntária que está dedicando à esse projeto de corpo e alma

    Nenhum comentário

    Deixe sua opinião

    Post Top Ad

    Post Bottom Ad

    Web Statistics