Header Ads

  • Breaking News

    Israel mira 60 milhões de judeus em potencial e pensa em conversões

    Israel mira 60 milhões de judeus em potencial e pensa em conversõesPrimeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu

    Israel mira 60 milhões de 'judeus em potencial' para promover o país e é alvo de críticas.
    A recomendação de um comitê do governo israelense para atingir "potenciais judeus" em todo o mundo para promover Israel e até mesmo se converter foi criticada por grupos religiosos.

    Segundo o comitê, criado pelo Ministério de Assuntos da Diáspora de Israel em 2016, existem 60 milhões de pessoas em todo o mundo que têm uma "afinidade" com o judaísmo ou com Israel. O relatório inclui um "plano estratégico" para atingir essas pessoas, com a esperança de que algumas possam até ser convertidas.

    Recomendou o fornecimento de materiais didáticos sobre judaísmo e hebraico para essas comunidades. Também circulou a ideia de aproveitar a "diplomacia pública desses grupos para promover o apoio a Israel e ajudar na luta contra o antissemitismo".

    No domingo, o comitê pediu ao governo israelense que crie um plano para identificar os que têm vínculos com o judaísmo, mas que não são elegíveis para imigração pela Lei de Retorno de Israel, o que permite aos judeus imigrarem para o Estado de Israel. Isso incluiria aqueles com ancestrais judeus, como os marranos na Espanha e em Portugal, que se converteram ao cristianismo, junto com aqueles que escondiam seu judaísmo de regimes opressivos.

    O relatório dividiu seus alvos em cinco "círculos de afinidade". O primeiro grupo é formado por judeus "centrais", totalizando cerca de 14 milhões. O segundo é 9 milhões de pessoas que se qualificam sob a Lei do Retorno, o terceiro grupo é "parentes distantes" dos judeus.

    A quarta, de 35 milhões de pessoas, "declarou sua afinidade com o povo judeu" e a quinta, de 60 milhões, tem "potencial futuro" como "descendentes de judeus, descendentes de convertidos forçados e comunidades adicionais com afinidade com os judeus, mas atualmente não está declarando ou não está ciente disso".

    A ideia foi criticada por rabinos sionistas religiosos, que disseram que os missionários não fazem parte do judaísmo. "De acordo com a lei judaica, o judaísmo não tem interesse em influenciar alguém a se converter. Não existe tal coisa", disse o rabino Dov Lior ao jornal israelense Haaretz.


    O jornal Times of Israel relata que outros judeus apontaram para o fato de que o governo está mais interessado em expulsar pessoas que não são judias, como os migrantes africanos que estão sendo deportados de Israel, do que em criar novos cidadãos.

    Embora o ministério tenha dito que as recomendações ainda não foram adotadas, eles também responderam ao recebimento, esclarecendo que o objetivo é fortalecer os laços em vez de impulsionar as conversões em massa, informa o Haaretz.

    O Ministro dos Assuntos da Diáspora, Naftali Bennett, encomendou o relatório e é membro do partido judeu de direita.

    19 comentários:

    1. Eu sou um Judeu perdido, agora tem quem queira me ajudar !? e rabinos querendo atrapalhar ... o sonho de todo judeu em diáspora e no mínimo voltar a comunidade e viver o seu judaísmo e se possível porque não fazer Aaliyah!?

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Já passei por isso meu irmão , não desista você é importante

        Excluir
      2. Shalom veMoadim leSimchá!!
        Não se coloque dessa forma "perdido". Sendo vc judeu de fato (nascido mãe judia) tem direitos e no caso de ter antepassados judeus, tem como converter e viver aqui em Israel. Os rabinos citados na matéria como sionistas religiosos não estão "querendo atrapalhar" como faz parecer a matéria. Esses mesmos rabinos são os que têm ajudado a milhares a conversão, te asseguro isso!! Somente agora o ministério da diáspora está abrindo os olhos para essa realidade, enquanto que muitos desses rabinos há muito já atuam ajudam descendentes retornarem. A questão é que justamente por esses rabinos terem experiência nessa área, sabem é conhecem muito de perto os aproveitadores, os mais intencionados.
        Não desista! Se sua alma te impulsiona a regressar a Am Israel, busque, se acerque do que precisa para fazer seu Ticun nessa vida!!

        Excluir
    2. Olá, procure a Sinagoga da sua área e fale com o Rabino. Abra teu coração. Mazal tov

      ResponderExcluir
    3. Horrível essa materia. Eu sou judeu, filho de mae judia e por ela nao ser praticante tive que me converter, e adivinha? Não aceitaram minha conversão. O Brasil é complexo com sua perseguição e preconceito aos convertidos e as sinagogas na maioria das vezes sao clubes de reza e se vc não pertence ao clube e nao tem dinheiro, nao tem kavod. Ja vi uma pessoa oferecer dinheiro e ser convertido em menos de um ano e eu que estava la a 3 fiquei a ver navios por injustiças como esta. Rogamos ao senhor dos munods que isso acabe de vez. Sou formado em Filosofia, segundo graduado em Ciencias Sociais e pos graduado em antropologia e no setimo semestre de Direito. Sou judeu e luto pela minoria e luto por justiças dentro de nossa religiao no Brasil.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Não entendemos. Se sua mãe é judia vc é judeu, não importa que ela não seja religiosa. Certamente sua ma~e tem pareantes judeus, que certamente atestariam sua judaicidade. Ou não?

        Excluir
      2. Deve ter sido convertida na CIP, daí não vale mesmo. É o mesmo que querer entrar nos Estados Unidos com passaporte da Disney.

        Excluir
      3. Sou Yahudim e Ponto ,ninguem vai me tirar esse direito O Eterno Conhece os Coracoes ele mesmo Busca Suas Ovelhas Teshuva Teshuva Teshuva.Estamos Retornando as Nossas origens Shema Israel Adonay Eloheno Adonay Echad .Boker Tov Eliezer Benhamim ... Eloheno velohei Avotenu Baruh Hashem.Vamos Agradecer que Nao somos idolatras.Shalon a Todos E um Fenomeno Os Judeus Estao Retornando e Temos Liberdade Pra Sevir As Leis da Tora,Do Tamulde,Shuhanaru Venham Podemos Assumir Nosso Judaismo como Nossos Pais Abraao ,ytsakc e yacoov.

        Excluir
      4. É por essa soberba besta que o Islamismo cresce e é hoje a religião maior do mundo Se eu estiver errado me perdoe Quem perde com isso é o judaísmo com essa burocracia besta em vez de facilitar eles dificultam quem ganha com isso é Islã que basta a pessoa querer

        Excluir
      5. Concordo com você!
        Tenho visto o Islã crescer absurdamente em vários países.
        Eles entraram nas favelas convertendo os moradores negros. No Rio,conheci o Abidalah um dos tais!

        Excluir
    4. Gostaria de saber se Aliyah só é aceita para os judeus ortodoxo e sionista ,ou se os judeus nazarenos, ou messianicos que vieram do cristianismo por serem no passado a se tornarem cristãos novos, e hoje seguem a Torá ,estão fazendo Teshuvá pode ser aceitos como judeus na aliyah? Ou seja: em Israel não tem aliyah para judeus que crer no messias Yeshua?ou eles tambem são aceitos?

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Absolutamente não. Se vc acredita no "morto" líder dos cristãos, vc é cristão. Portanto não deve e nem será aceito para conversão. Não existe judaismo messiânico, isso é uma farsa. Nem casamento de messiânicos com judeus, é permitido em Israel

        Excluir
      2. Sim, Israel é só para judeus, e não faz diferença se é laico ou religioso.

        Excluir
    5. Ya'akov Ben Abraham

      É prudente aos chaverot considerar que o q a decisão e obra é do Eterno ( El Shaday). EM BERISHIT ABRAHAM INSINUOU AJUDAR AO ETERNO , E FOI REPREENDIDO.
      HaShem prometeu ao Abraham "multidoes de Nações".ok

      ResponderExcluir
    6. Retornar ao judaismo no Brasil é complexo. Fazer Teshuváh, e passar pelo processo de conversão, e depois não ser aceito é muita injustiça. Sou descendente judei sefaradita, mas por ter vivido boa parte da vida afatado das raízes, as comunidades judaicas do Espírito Santo fecham as portas a quem não veio "indicado" por alguem, ainda mais para um judeu amazônida como eu, nascido e criado em Belém do Pará. O preconceito é enorme.

      As vezes é mais fácil ser aceito entre os falsos judeus do que ser aceito entre os filhos de Ysrael.

      ResponderExcluir
    7. Me parece que os interessados nas conversões estão no fundo querendo fazer aliah. Já pensou se Israel libera para alguns milhares de cristãos disfarçados de judeus. Veja o risco da assimilação que os israelenses sofreriam

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Judeu que tem fé, não se assimila. Mas cada caso, é um caso.

        Excluir
    8. A minha humilde opinião é o seguinte , em Israel não deve ter idolatra , tem que deportar todos os idolatras , " é isso que o Eterno manda" . E se tem pessoas que querem se converterem a judaísmo , os lideres religiosos tem si que abraça essas pessoas dando apoio e suporte. " EU estou me preparando para uma futura conversão , e só eu sei que uma pessoa que tem esse desejo em freta ". Somos repudiados pela familia , rejeitados pelos amigos , por amor , por querer viver uma fé verdadeira e unica . Eu acho que muitas gente do meio deveria repensar suas idéias , por que essas pessoas não sabem oquê uma pessoa passa por querer viver a fé judaica.

      ResponderExcluir

    Deixe sua opinião

    Post Top Ad

    Post Bottom Ad

    Loading...
    Web Statistics