Header Ads

  • Breaking News

    Israel bombardeia instalações do Hamas na Faixa de Gaza

    Israel bombardeia instalações do Hamas na Faixa de Gaza

    Exército anunciou ataque e destruição de um túnel em construção que poderia ter sido usado para ataques.

    O exército israelense anunciou que atacou na madrugada deste domingo (18) uma instalação subterrânea do Hamas na Faixa de Gaza e destruiu um túnel em construção que poderia ter sido usado para ataques.

    Os ataques foram lançados em represália à explosão de uma bomba no sábado (17) ao longo da fronteira entre Israel e a Faixa de Gaza, controlada pelo movimento islâmico do Hamas, que não causou vítimas, de acordo com o exército.

    Esta foi a terceira explosão de um artefato explosivo na fronteira desde quinta-feira.

    O exército israelense havia inicialmente reportado um ataque contra um "alvo militar" do Hamas, mas sem dar detalhes. Posteriormente, um porta-voz militar disse aos jornalistas que um túnel escavado na Faixa de Gaza e detectado através de uma nova tecnologia tinha sido destruído.

    "Nossa política é agir de forma decisiva contra qualquer tentativa de nos prejudicar e eliminar sistematicamente infraestruturas ligadas aos túneis e continuaremos a fazê-lo", advertiu o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu em um comunicado.

    'Causar medo'
    O Hamas afirmou, por sua vez, que as operações israelenses visavam "assustar" os palestinos antes dos protestos previstos para o final de março ao longo da fronteira.

    Israel "sofrerá todas as consequências de sua escalada", disse o porta-voz do Hamas, Fawzy Barhum.

    A partir de 30 de março, os habitantes de Gaza planejam instalar centenas de tendas perto da fronteira israelense durante seis semanas como sinal de apoio aos refugiados palestinos.

    De acordo com o porta-voz do exército israelense, Jonathan Conricus, o novo túnel, em construção pelo Hamas, foi cavado para conectar um antigo túnel no sul da Faixa de Gaza.

    Este túnel não chegava ao território israelense e estava a várias centenas de metros da fronteira perto de Kerem Shalom, ponto de passagem de mercadorias entre Israel e o enclave palestino, bem como perto da cidade de Rafah, no sul da Faixa de Gaza.

    Para destruir o túnel, o exército israelense encheu a estrutura com uma substância cuja natureza não foi especificada e não com a ajuda de explosivos, acrescentou o porta-voz, recusando-se a dar mais detalhes.


    Ele simplesmente declarou que soldados israelenses realizaram esta missão a partir do território israelense.

    Os túneis sob a barreira de segurança que fecha hermeticamente as fronteiras israelenses de Gaza foram uma importante arma dos grupos armados palestinos durante a guerra de 2014, e sua destruição tornou-se uma das principais prioridades de Israel.

    Um morador de Gaza, Amal Malaka contou que ouviu o "som de um bombardeio". "Toda a minha casa tremeu, meus filhos tiveram medo, minhas filhas caíram da cama".

    Israel, o Hamas e seus aliados observam um cessar-fogo em ambos os lados desde a guerra de 2014, a terceira em seis anos no enclave.

    Esta trégua é regularmente abalada, particularmente pelo disparo de foguetes do território palestino em direção a Israel, que responde sistematicamente atacando posições do Hamas, mesmo que os ataques sejam atribuídos a outros grupos.
    Loading...

    Nenhum comentário

    Deixe sua opinião

    Post Top Ad

    Post Bottom Ad

    Web Statistics