Chazeret - Ervas Amargas

Chazeret - Ervas AmargasA alface simboliza a amarga escravidão de nossos ancestrais no Egito. As folhas da alface romana não são amargas, mas o talo, quando crece no chão, fica duro e amargo.
Assim foi com nossa escravidão no Egito. A princípio a enganosa atitude do faraó foi suave e sensível, e o trabalho era feito voluntariamente e até mediante pagamento. Gradualmente, tornouse trabalho forçado e cruel.
Preparo: A alface romana com frequência é arenosa. Lave cada folha separadamente, checando por insetor. (Bata delicadamente com uma toalha e deixe secar por completo, para que não haja umidade a entrar em contato com a matsá.)
Dependendo de quanta alface romana é necessária, pode levar várias horas para preparar. Esta tarefa deve ser feita antes do horário de acendimento das velas na primeira noite. Prepare folhas suficientes para as duas noites, e guardeas na geladeira. Molhar as folhas não pode ser feito no feriado.
Papel no Seder: A alface é usada em conjunto com a raiz forte. É usada quando se come o maror e quanto se come o sanduíche de matsá e maror. Coloque as folhas em suas pilhas na Travessa do Seder, uma debaixo do maror e uma separadamente por baixo.
Guarde um estoque extra de folhas limpas na geladeira caso sejam necessárias folhas adicionais.
Share on Google Plus

About Coisas Judaicas

No Coisas Judaicas, fazemos de tudo para manter nossos amigos e visitantes bem informados. Todo mês, mais de 45 mil visitantes do mundo inteiro procuram nosso Blog para ler sobre:Judaísmo, Israel e o mundo judaico. É a nossa missão

0 Comentários:

Postar um comentário

Deixe sua opinião

[Fechar]

Receba gratuitamente o melhor conteúdo do Coisas Judaicas no seu e-mail e fique sempre atualizado.

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner