Parashá Ytró - Coisas Judaicas

Coisas Judaicas

Blog judaico

Post Top Ad

Parashá  Ytró
Nossos profundos agradecimentos à querida família Nasser que sempre apoiou a nossa ONG. Ytro

Nossa Parashá nos conta que Ytró, o sogro de Moshe , levou sua filha Tzipora junto com os dois filhos dela para Moshe no deserto.


Porque Ytró teve que se arriscar dessa maneira entrando deserto adentro e não poderia esperar com que Moshe viesse pessoalmente buscar sua família?

O Ari Zal nos conta que Ytró era a reencarnação de Caim e Moshe era a reencarnação de Abel. A Torá nos conta que Caim teve um filho com sua esposa e o chamou de Chanoch.

Quem era essa esposa que a Torá não conta de onde ela nasceu? É claro que ela não era sua própria mãe, então quem era essa mulher que estava lá e se casou com Cain?

Quando a Torá nos conta sobre o nascimento de Cain e Hevel aparece três vezes a palavra "et".

O Midrash decifra essa palavra aparentemente desnecessária revelando que junto com Cain nasceu uma irmã gêmea e com Hevel nasceram duas, e elas seriam suas futuras esposas.

Cain ficou indignado por ter uma esposa só enquanto seu irmão teria duas.

Encontrou um motivo para briga justificando como sendo talvez até por um assunto religioso, de seu korban não ter sido aceito, e terminou assassinando seu irmão por achar que não tem no mundo nem lei e nem juiz e que nada vai acontecer para ele.

Os três se reencarnam novamente. Caim é Ytró, Abel é Moshe, e aquela gêmea, pivô da briga entre eles é Tzipora.

Por isso Ytró tinha que tomar a iniciativa de ele levar Tzipora para Moshe, porque esse era o "Tikun" (o conserto) da alma do Cain, devolver aquela “Alma gêmea" (em absolutamente todos os aspectos)

E também salvar a vida do "irmão"(irmão da reencarnação anterior) para consertar o fato de tê-lo assassinado por causa dela.

Ytró leva Tzipora para Moshe e por meio de seus conselhos salva a vida de Moshe de um infarto por stress, delegando o trabalho de Moshe à:

600 juízes, responsáveis por mil pessoas cada um,

6.000 juizes responsáveis por 100 pessoas (cada um)

12.000 juízes responsáveis por 50 pessoas (cada um)

60.000 juízes responsáveis por 10 pessoas (cada um)


78.600 juízes para fazer o trabalho que Moshê tinha feito sozinho!


Ytro de verdade salvou a vida de Moshe, construindo uma estrutura de governo jamais vista antes.


Sendo que Cain tinha assassinado Hevel porque achava que o mundo não tinha um juiz , essa parte da Torá que é chamada "Parashat Hadaianim", "a Parashá dos juízes", teve que chegar até nós por meio de Ytró, e assim ele "acrescentou" uma Parashá na Torá.

🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴


Aprendendo com Ytró:

Aprendemos com Ytró que se até o próprio Moshe poderia ter terminado sua vida de maneira fatal por ter centralizado todo o trabalho envolta de si próprio, quanto mais nós que não temos toda a capacidade que Moshê tinha

Ytró para salvar Moshê fez ele delegar seu trabalho à pessoas adequadas para essa função mesmo não sendo elas tão adequadas à isso quanto o próprio Moshê.

Quanto mais nós, que muitas vezes encontramos pessoas muito mais adequadas do que nós próprios para delegar funções de muito menos responsabilidade do que era a deles !

Então, vamos aprender com Ytró,  começar a nossa própria "descentralização" e salvar nossas próprias vidas!

🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴

Nossos Sábios nos contam que Ytró optou por se converter ao judaísmo depois que ouviu sobre a abertura do mar vermelho e a guerra de Amalek .

O que tem a ver a abertura do mar vermelho com a guerra de Amalek?

A abertura do mar vermelho nos lembra o carinho que Hashem tem por nós, nos fazendo milagres revelados, cuidando de nós e nos protegendo.

Depois de todos esses milagres enormes aparece o extremo dos povos , o mais prepotente e arrogante, e faz o que todos os outros povos gostariam de ter feito mas tinham medo, lutam contra nós!

Ytró vê os dois extremos. O amor que D'us tem por cada judeu, e a frieza dos povos do mundo, que mesmo vendo os milagres revelados que Hashem faz para nós , no lugar de se unir à D'us lutam contra ele

E qualquer meio termo sempre vai estar vinculado a um desses dois extremos, ou seja, os outros povos estavam felizes com a atitude de Amalek mesmo não tendo a coragem de fazer igual.



A Torá nos conta que a guerra contra Amalek acontece em cada geração. Na prática ela aconteceu somente duas vezes e na época do Mashiach vai acontecer mais uma vez.



Entre essa primeira guerra de Amalek no deserto e a segunda guerra na época do rei Shaul não tínhamos a Mitzvá de exterminar o Amalek até que fosse nomeado o primeiro rei de Israel.



Depois que Shaul não fez isso totalmente, veio o rei da Assíria, Sanherib e misturou os povos, nos tirando a possibilidade de saber quem é Amalek.



E por fim, na época do Mashiach acontecerá a terceira e última guerra contra Amalek, e depois disso eles já não existirão mais .



Então, se são somente três guerras na história, como podemos cumprir o mandamento que nos foi dado na Parashá de lutar contra Amalek em cada geração?

Klipat Amalek



Diz o Rebe que esse assunto extremamente importante é totalmente espiritual.



Amalek representa uma força espiritual negativa que chamamos de "Klipá". Essa Klipá de Amalek causa a frieza e a insensibilidade em todos os assuntos espirituais.



A consequência dela em cada um de nós é: mesmo vendo milagres no dia a dia, mesmo conscientes de que D'us está cuidando de nós o tempo todo como crianças pequenas, mesmo assim somos capazes de rezar com frieza e cumprir os mandamentos Divinos sem entusiasmo, fazendo "nada mais do que a obrigação".



Por causa desse Amalek espiritual acabamos achando que: mesmo Hashem tendo nos ajudado no passado, com certeza ele não vai nos ajudar mais (D’us nos livre) , e por último acabamos estudando Torá e cumprindo as Mitzvot SEM a mínima consciência de que D'us existe e achando que tudo está dependendo somente de nós.



Assim era Caim!  Agora dá para entender porque a guerra de Amalek sensibilizou tanto Ytró!



🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴



Dicas para vencer o Amalek espiritual :



1-Todo dia temos que nos conscientizar novamente de que D'us existe, de que ele é a essência do bem e a natureza de quem é bom é fazer o bem, e de que ele está cuidando de cada um de nós e nos protegendo a cada instante!



2- Rezar todo dia com muita alegria e entusiasmo, e saber que Hashem está ouvindo com muito prazer cada palavra da nossa reza e está cheio de orgulho de nós!



3- Cumprir os mandamentos Divinos com muita alegria , muito entusiasmo e muito capricho, sabendo que Hashem está cheio de alegria por cada mandamento que cumprimos!



4- Se lembrar de todas as vezes que Hashem nos ajudou pessoalmente no passado, se lembrar de todos os pequenos milagres do dia a dia e saber que agora Hashem vai te ajudar muito mais e te fazer muito mais milagres!



E o principal, expulsar todos os pensamentos contrários aos quatro itens anteriores  alinhando nosso intelecto dessa maneira todo dia e toda hora 365 dias por ano!



🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴🌴



Projeto ONG TORÁ ISRAEL



Nossa ONG oficializou na semana passada um projeto que já estava acontecendo na prática há alguns anos, o nosso projeto

ONG TORÁ ISRAEL



Seguindo os conselhos de Ytró na nossa Parashá foi nomeada uma diretora responsável por esse projeto, nossa voluntária Edna Winter



Estou copiando aqui a carta dela, e pedimos do fundo do coração que por menor que seja a sua participação ajude esse projeto decolar!!!! Todas as doações que entrarem na conta da ONG

na Caixa Econômica Federal serão destinadas totalmente à esse projeto



E até eu próprio também recebi um convite para participar,

e copiei aqui o e-mail que ela me mandou, para que todos juntos possamos participar dessa grande Mitzvá:



Shalom Rabino Gloiber tudo bem?



PROJETO ONG TORÁ ISRAEL (segunda semana)



Não perca a oportunidade de participar

Sua colaboração aqui em baixo é o seu investimento lá em cima!!



É com muita alegria que informamos a fundação oficial do nosso projeto Ong Torá Israel, um projeto da ONG TORÁ para o apoio de estudantes brasileiros em Israel e que tem como responsável nosso querido Rabino Avrahan Eitan Gloiber.



Nosso projeto hoje possui 3 jovens encaminhados para Israel , dois estudando em Yeshivot em Yerushaláim e uma jovem que em breve estará indo para uma Midrashá também em Jerusalém


Esse fundo é específico para ajudar jovens estudantes brasileiros com a passagem para Israel e despesas básicas e emergenciais que eles tem lá.


É sabido que todos nós enfrentamos momentos de crise e sempre os mais necessitados são os mais atingidos, por isso, apelamos à vocês, nosso irmãos judeus que estão sempre prontos a ajudar com generosidade e “Simchá” (alegria) no coração.

Você também pode ter o grande mérito de participar dessa Tzedaká. Sua contribuição será muito bem vinda!!! E se for possível, mande para nós um e-mail para ongtoraisrael@gmail.com comunicando a sua doação com o seu nome próprio e o nome da sua mãe em hebraico (pode ser com letras latinas) para pedirmos uma Brachá para você e para a sua família. (Se não tiver nome em hebraico pode ser com o nome em português também).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião

Post Bottom Ad

Pages

Real Time Web Analytics