Israel oferece 3200€ a cada migrante ilegal que sair do país

Israel oferece 3200€ a cada migrante ilegal que sair do país
O governo quer que todos

os migrantes ilegais saiam do país em três meses
Israel fez um ultimato a todos os migrantes africanos que estão ilegais no país. Têm três meses para sair, se não o fizerem serão detidos.
O governo israelense oferece a cada uma destas pessoas 3200 euros se saírem em menos de 90 dias.
Quem não está a aceitar este incentivo monetário é a Agência de Migrantes das Nações Unidas, que diz que este plano viola as leis israelitas e as leis internacionais.
Israel defende-se, diz que usa o termo "migrantes ilegais" com todos aqueles que não entraram no país por portas oficiais.
O porta voz da autoridade de migrantes em Israel disse que existem cerca de 30 mil pessoas ilegais no país e apenas 1200 estão em centros controlados pelo estado.
A maioria destas pessoas é proveniente do Sudão e da Eritreia.
Share on Google Plus

About Coisas Judaicas

No Coisas Judaicas, fazemos de tudo para manter nossos amigos e visitantes bem informados. Todo mês, mais de 45 mil visitantes do mundo inteiro procuram nosso Blog para ler sobre:Judaísmo, Israel e o mundo judaico. É a nossa missão

0 Comentários:

Postar um comentário

Deixe sua opinião

[Fechar]

Receba gratuitamente o melhor conteúdo do Coisas Judaicas no seu e-mail e fique sempre atualizado.

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner