Juiz ordena prisão de Cristina Kirchner por acordo com Irã

Juiz ordena prisão de Cristina Kirchner por acordo com Irã
O juiz federal Claudio Bonadio indiciou e pediu a prisão da ex-presidente da Argentina e atual senadora, Cristina Kirchner, nesta quinta-feira (7), no âmbito da investigação que analisa a assinatura de um memorando entre o governo do país e o Irã.
Agora, o pedido de prisão preventiva pelo risco de “atrapalhar as investigações” precisa ser levado para ao Senado, que analisará a remoção ou não da imunidade parlamentar da atual senadora.
A ordem de prisão ocorre no mesmo dia em que Bonadio ordenou e a polícia prendeu o ex-secretário de Kirchner durante a Presidência Carlos Zanini e o ex-líder peronista Luis D’Elia pelas mesmas razões apresentadas na ação contra a atual senadora.
Segundo a imprensa argentina, esse acordo foi uma maneira de Kirchner encobrir extremistas iranianos que teriam atacado a sede da Associação Mutual Israelita Argentina (Amia) em 1994. A ação deixou 85 mortos e centenas de feridos.
Isso porque, recentemente, os jornais revelaram uma conversa do ex-chanceler Héctor Timerman com um diretor da Amia em que o ministro revelou que o governo kirchnerista sabia da atuação do governo iraniano no atentado.
Eles podem ser responsabilizados também por “traição à Pátria”, com uma pena que varia entre 10 e 25 anos.
Na última vez que falou sobre o assunto, em outubro deste ano, Cristina afirmou que era “alvo de perseguição política” do atual presidente, Mauricio Macri, contra os membros da oposição. (ANSA)

Share on Google Plus

About Coisas Judaicas

No Coisas Judaicas, fazemos de tudo para manter nossos amigos e visitantes bem informados. Todo mês, mais de 45 mil visitantes do mundo inteiro procuram nosso Blog para ler sobre:Judaísmo, Israel e o mundo judaico. É a nossa missão

0 Comentários:

Postar um comentário

Deixe sua opinião

[Fechar]

Receba gratuitamente o melhor conteúdo do Coisas Judaicas no seu e-mail e fique sempre atualizado.

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner