Festival de cinema israelense exibe filmes premiados no Cine Olympia - Coisas Judaicas

Coisas Judaicas

Blog judaico

Post Top Ad

Festival de cinema israelense exibe filmes premiados no Cine Olympia

Festival de cinema israelense exibe filmes premiados no Cine Olympia

Share This
Festival de cinema israelense exibe filmes premiados no Cine OlympiaA Banda, de Bikur Ha-Tizmoret (2007) - 02/12 (sábado)- 17h30
A Banda Cerimonial da Polícia de Alexandria, chefiada pelo exigente e recatado Tawfiq, viaja do Egito para Israel, para tocar na inauguração de um centro cultural árabe. Após um mal-entendido no aeroporto, tomam o ônibus errado e se veem obrigados a passar a noite, sem dinheiro, numa comunidade isolada. Dina, falante e desinibida, é a dona do restaurante local e lidera a iniciativa de abrigar os visitantes inesperados – e é aí que o choque entre as culturas começa. A produção venceu o Prêmio da Juventude no Festival de Cannes.
Classificação indicativa: Livre para todos os públicos | Gênero: Comédia | Duração: 87 min.
Ficha-técnica: Direção: EranKolirin | Elenco: Sasson Gabai, RonitElkabetz, SalehBakri
As Medusas - 03/12 (domingo) - 17h30
O filme acompanha três mulheres em Tel Aviv, cujas histórias se cruzam de forma a compor um retrato inusitado da vida moderna em Israel. Batya, uma garçonete em festas de casamentos, se depara com uma criança muda que aparentemente surge do mar. Keren quebra a perna saindo do banheiro, trancado por acidente, em seu próprio casamento, arruinando a lua de mel dos seus sonhos. Joy, uma doméstica filipina, precisa se comunicar com seus empregadores mesmo sem falar a língua local. Imagens poéticas desenham as conexões entre as vidas dessas mulheres, que encontram consolo no mar. O filme foi vencedor do prêmio Camera d’Or no Festival de Cannes
Classificação indicativa: 12 anos | Gênero: Drama | Duração: 78 min.
Ficha-técnica: Direção: ShiraGeffen e EtgarKeret | Elenco: Sarah Adler, NikolLeidman, Gera Sandler
A Fogueira, de Joseph Cedar (2004) - 05/12(terça-feira) - 18h30
Na Jerusalém de 1981, Rachel (MichaelaEshet), viúva há um ano, está inclinada a aceitar as propostas de encontros feitas por Shula (Edith Teperson), cujo marido (AssiDayan) está organizando o grupo fundador para um assentamento judaico. O primeiro encontro de Rachel é com um homem gentil, o cinquentão Yossi (em uma brilhante interpretação de MosheIvgy, um dos principais atores de Israel).Embora fique claro para o espectador que eles são perfeitos um para o outro, ela ainda é iniciante no quesito encontro amoroso, e ele, velho demais nessa questão, o que impede que eles vejam algo além da amizade.Enquanto isso, Rachel tenta fazer parte do grupo religioso que prepara o assentamento. Sendo uma mulher solteira em uma sociedade tradicional, ela não se sente confortável com seu status.Cedar mostra que para muitos dos colonos israelenses fundadores, o principal motivo não era o fervor religioso, mas um bem imóvel disponível - um bom lugar para se criar uma família.
Prêmios: 2004 – IsraeliFilmAcademy - OphirAward por melhor diretor, melhor filme, melhor roteiro, melhor atriz coadjuvante (HaniFurstenberg)
Berlin Intl –Prêmio Don Quixote
Chicago – Prêmio FIPRESCI
O Décimo Homem, de Daniel Burman - 06/12 (quarta-feira) - 18h30
Ariel (Alan Sabbagh) é um rapaz que se tornou um bem-sucedido economista de Nova York - depois de se mudar da Argentina, onde vivia com seu pai, famoso em seu antigo bairro por gerenciar uma organização de caridade. Quando sua família o convida para retornar ao lar para uma festividade, ele irá se surpreender com as diferenças entre sua nova vida e as antigas tradições dos seus parentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião

Post Bottom Ad

Pages

Real Time Web Analytics