Header Ads

  • Breaking News

    Trump estuda quando e como transferir embaixada em Israel para Jerusalém

    Trump estuda quando e como transferir embaixada em Israel para Jerusalém
    O vice-presidente dos EUA, Mike Pence, fala durante evento pelo 70º aniversário
    da resolução da ONU que levou à criação do Estado de Israel, no Queens Museum,
     em Nova York, na terça-feira (28) (Foto: Timothy A. Clary/AFP)
    O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, está estudando "quando e como" transferir a embaixada do país em Israel para Jerusalém, afirmou nesta terça-feira (28) o vice-presidente americano, Mike Pence.

    "O presidente Trump está considerando ativamente quando e como movimentar a embaixada americana de Tel Aviv para Jerusalém", afirmou Pence durante um evento para comemorar o 70º aniversário da resolução da ONU que levou à criação do Estado de Israel.

    A mudança da embaixada é uma promessa eleitoral de Trump, que, no entanto, prorrogou em junho, por mais seis meses, a lei que estabelece que Tel Aviv seja sede da legação diplomática.

    Pence, no entanto, disse hoje que a questão não é se haverá ou não mudança, mas sim quando isso irá ocorrer. Trump deve decidir novamente em dezembro se estende ou não a lei que determina a permanência da embaixada americana em Tel Aviv. Os EUA não reconhecem Jerusalém como capital de Israel. Como outros países, o governo americano mantém sua embaixada fora da cidade, ocupada por Israel em 1967 e reivindicada pelos palestinos.

    A transferência da embaixada seria vista como um reconhecimento da ocupação e da soberania de Israel sobre toda a cidade.

    A decisão tomada em junho por Trump de manter a embaixada em Tel Aviv foi recebida com decepção pelo governo de Israel.

    Pence afirmou hoje que a Casa Branca manterá sua estreita aliança com Israel e que não permitirá que o país seja atacado na ONU.

    "Os EUA estão com Israel porque a causa deles é a nossa causa, seus valores são os nossos valores e sua luta é a nossa luta", afirmou o vice-presidente americano.

    O discurso de Pence foi um dos principais destaques do evento que comemora o aniversário da resolução que pediu a criação de um estado judeu no Oriente Médio.

    A celebração foi organizada pela missão israelense na ONU na mesma sala onde a votação da resolução ocorreu a 70 anos. Hoje, o local é parte de um museu de Nova York.

    Nenhum comentário

    Deixe sua opinião

    Post Top Ad

    Post Bottom Ad

    Loading...
    Web Statistics