Na cidade de Martinho Lutero, escultura antissemita provoca discórdia

Na cidade de Martinho Lutero, escultura antissemita provoca discórdiaUma escultura antissemita da igreja de Wittenberg, onde Lutero fez suas pregações, cria controvérsia na comunidade protestante na Alemanha, que celebra nesta terça-feira o 500º aniversário da Reforma Protestante.
A chamada "Judensau" ("porca dos judeus") adorna desde a Idade Média, a oito metros de altura, a ala sul da Igreja de Santa Maria de Wittenberg.
Judeus e leitões mamam o leite de uma porca enquanto um rabino levanta a pata e a cauda do animal para examinar seu ânus.
Esta estátua, grotescamente metafórica e que pretendia provocar aversão aos judeus, perturba Wittenberg.
Foi nesta cidade a menos de 100 km de Berlim que o monge Martinho Lutero pregou suas 95 teses contra as indulgências da Igreja Católica em 31 de outubro de 1517, marcando o nascimento da Reforma Protestante.
Ele repetiu o gesto em outra igreja da cidade, a Schlosskirche, onde aconteceram nesta terça as cerimônias do 500º aniversário na presença de Angela Merkel.
Mas foi na Igreja de Santa Maria que o teólogo alemão (1483-1546) pregou pela primeira vez em alemão. O edifício é classificado como Patrimônio Mundial da Humanidade.
Share on Google Plus

About Coisas Judaicas

No Coisas Judaicas, fazemos de tudo para manter nossos amigos e visitantes bem informados. Todo mês, mais de 45 mil visitantes do mundo inteiro procuram nosso Blog para ler sobre:Judaísmo, Israel e o mundo judaico. É a nossa missão

1 Comentários:

  1. Numa Igreja uma escultura dessas??? horrível e muito estranho. Nunca imaginei uma coisa dessas!!!

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião

[Fechar]

Receba gratuitamente o melhor conteúdo do Coisas Judaicas no seu e-mail e fique sempre atualizado.

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner