16 de out. de 2017

Jerusalém é judaica

Jerusalém é judaicaO governo israelense anunciou hoje que vai lançar novo plano para “defender Jerusalém” na arena internacional, depois que Israel decidiu se retirar da Unesco – organização da ONU para a Educação, Ciência e Cultura -, em represália pela adoção pelo órgão de uma série de medidas que ignoraram a presença judaica em patrimônios históricos e culturais da cidade. 

O ministro Ze’ev Elkin, do Patrimônio Histórico e Cultural, disse que o novo plano “incluirá visitas a Jerusalém de formadores de opinião de diversos países, que poderão conferir diretamente o passado histórico de Jerusalém e, assim, opinar com mais propriedade sobre a importante tarefa de defender de forma isenta o patrimônio da cidade”, disse ele.

 “Para quem conhece Jerusalém, é difícil negar a presença judaica em locais históricos”, acrescentou. 

Leia mais em:

SHARE THIS

Author:

O Coisas Judaicas cobre uma das partes mais complicadas e controversas do mundo, o Estado de Israel. Determinado a manter os leitores totalmente informados e capacitá-los a formar e desenvolver suas próprias opiniões, o Blog existe de 2005 e sempre procuramos dar a nossos leitores noticias e opiniões avalizadas. Sobre Israel, a região e o mundo judaico.

Um comentário:

  1. Estive em Israel duas vezes em especial Jerusalem e atesto a veracidade de que Israel pertence e sempr pertenceu ao povo judeu.

    ResponderExcluir

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não do Blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.Não publicamos comentários anônimos. Coloque teu URL que divulgamos