Pastores evangélicos brasileiros fazem protesto em Tel Aviv contra voto do Brasil - Coisas Judaicas

Coisas Judaicas

Blog judaico

Post Top Ad

Pastores evangélicos brasileiros fazem protesto em Tel Aviv contra voto do Brasil

Pastores evangélicos brasileiros fazem protesto em Tel Aviv contra voto do Brasil

Share This

Exibindo IMG-20161022-WA0004.jpgDentre os pastores que faziam o protesto estava o apóstolo Philomeno Romero, que comanda uma rede de igrejas em diversos estados brasileiros ligadas ao Ministério O Brasil é de Jesus. Segundo Philomeno, ao chegarem a Israel este ano foram surpreendidos com a resolução que nega a conexão do povo judeu com os lugares sagrados de Jerusalém. “Estamos indignados com essa decisão que representa uma afronta ao povo cristão do Brasil e exigimos que o Brasil mude seu voto”, disse.




Exibindo IMG-20161022-WA0008.jpgUm grupo de pastores evangélicos e turistas cristãos do Brasil fizeram uma manifestação em Israel na quinta-feira (20/10) em frente à Embaixada do Brasil no país, em Tel Aviv, em protesto contra o voto do Brasil em uma resolução submetida pelos palestinos na Unesco (Agência da ONU para a Educação, Ciência e Cultura) que declara o Monte do Templo e o Muro das Lamentações da cidade de Jerusalém, como locais unicamente sagrados aos árabes e muçulmanos.

Dos 58 membros da UNESCO, 24 votaram a favor, entre eles o Brasil, 26 se abstiveram e somente 6 votaram contra, a Estônia, Alemanha, Lituânia, Holanda, Reino Unido e Irlanda do Norte e os Estados Unidos. Essa é a segunda vez este ano que o Brasil, por meio de sua representante permanente na Unesco, Eliana Zugaib, vota em desfavor de Israel na Unesco.


Protesto

Exibindo IMG-20161022-WA0006.jpgExibindo IMG-20161022-WA0005.jpgO grupo de pastores evangélicos faz parte das caravanas que tradicionalmente vão a Israel todos os anos para comemorar a festa judaica de Sucot em Jerusalém, conhecida também como “A Festa das Cabanas” ou “Festa dos Tabernáculos” no meio cristão. 

Eles carregavam faixas e cartazes no idioma português e inglês criticando a decisão. Um dos cartazes perguntava se a Unesco estaria fazendo um Recall da Bíblia.


Fonte: Kelita Rejane/TPS Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião

Post Bottom Ad

Pages

Real Time Web Analytics