Polícia de Israel prende mais um membro de célula do Hamas que explodiu ônibus em Jerusalém

Polícia de Israel prende mais um membro de célula do Hamas que explodiu ônibus em JerusalémJerusalém (TPS) – O sexto membro  
de célula do Hamas responsável por explodir um ônibus israelense no mês passado, ferindo 20 pessoas, foi preso conforme detalhes revelados no domingo, 29/5, de manhã, pela Agência de Segurança de Israel (Shin Bet). 
A célula também havia planejado adicionalmente uma série de disparos e carros-bomba suicidas dentro e em volta de Jerusalém, de acordo com o Shin Bet.
Polícia de Israel prende mais um membro de célula do Hamas que explodiu ônibus em JerusalémOs agentes do Hamas detidos, todos da região de Belém, são: Muhammad Sami al-Hameed Al-Ezza, 26, Muhammad Issa Mahmoud Al-Barbari, 26, Muhammad Majdi Mustafa al-Ezza, 21, Ahmed Muhammad Mahmoud Mashaikh, 19, Ali Ahmed Muhammad Arouj, 30, e Said Osama Issa Harmas, 30.
Al-Hameed Al-Ezza e Al-Barbari também estavam supostamente envolvidos em um ataque a tiros em 2015, que não teve vítimas. Três deles cumpriram pena de prisão anteriormente por envolvimento em atividades terroristas.
Polícia de Israel prende mais um membro de célula do Hamas que explodiu ônibus em JerusalémAbdel Hamid Abu Srour, 19 anos, um dos responsáveis pelo atentado em 18 de abril, o que detonou um dispositivo explosivo no ônibus público número 12 em Jerusalém, ferindo 20 pessoas, morreu no hospital dois dias depois, devido aos seus ferimentos. Após o ataque, o grupo terrorista Hamas o saudou como um "mártir".
O Shin Bet revelou agora que o bombardeio foi concebido como um ataque suicida– o Hamas supostamente ajudou a escrever o testamento de Abu Srour antes do bombardeio e tirou sua foto, presumivelmente para preparar um pôster em memória do "mártir".
A investigação pelo Shin Bet revelou que o dispositivo explosivo improvisado foi fabricado por Al-Hameed Al-Ezza com materiais facilmente disponíveis e usando informações encontradas na Internet.
Polícia de Israel prende mais um membro de célula do Hamas que explodiu ônibus em JerusalémOs arquivos da investigação foram transferidos para a promotoria militar e são esperados indiciamentos nos próximos dias, juntamente com pedidos para manter os suspeitos sob custódia até o fim dos processos judiciais contra eles.
Fonte: TPS / Texto: Michael Bachner / Tradução: Alessandra Franco / Fotos: Hillel Maeir e Chur Uriel Nizri
Share on Google Plus

About Coisas Judaicas

No Coisas Judaicas, fazemos de tudo para manter nossos amigos e visitantes bem informados. Todo mês, mais de 45 mil visitantes do mundo inteiro procuram nosso Blog para ler sobre:Judaísmo, Israel e o mundo judaico. É a nossa missão

0 Comentários:

Postar um comentário

Deixe sua opinião

[Fechar]

Receba gratuitamente o melhor conteúdo do Coisas Judaicas no seu e-mail e fique sempre atualizado.

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner