Israel emprega mais de 100 mil palestinos

Israel emprega mais de 100 mil palestinosMais de 100 mil palestinos trabalham em Israel e nas colônias. Economia palestina depende em grande medida do Estado de Israel.

Desemprego em Gaza chega a 45%, um dos mais elevados do mundo.

Mais de 100 mil palestinos trabalham em Israel e nas colônias da Cisjordânia ocupada, ou seja, um trabalhador remunerado em cada seis, segundo cifras oficiais palestinas publicadas neste sábado.

Um total de 83 mil palestinos trabalha em Israel, e outros 22 mil nas colônias da Cisjordânia, território palestino ocupado há quase meio século pelo Estado hebreu.

Na Cisjordânia trabalham 338 mil palestinos e 216 mil na Faixa de Gaza. Deles, 52% estão empregados no setor privado.

O índice de desemprego no conjunto de Territórios Palestinos é de 26%, segundo cifras do escritório palestino de estatísticas.
Na Faixa de Gaza, chega a 45%, segundo o Banco Mundial, que afirma que se trata de um dos mais elevados do mundo.

A economia palestina depende em grande medida do Estado hebreu. As permissões de trabalho entregues por Israel implicam uma importante fonte de renda para os habitantes de Gaza já que não têm acesso a eles.
Share on Google Plus

About Coisas Judaicas

No Coisas Judaicas, fazemos de tudo para manter nossos amigos e visitantes bem informados. Todo mês, mais de 45 mil visitantes do mundo inteiro procuram nosso Blog para ler sobre:Judaísmo, Israel e o mundo judaico. É a nossa missão

0 Comentários:

Postar um comentário

Deixe sua opinião

[Fechar]

Receba gratuitamente o melhor conteúdo do Coisas Judaicas no seu e-mail e fique sempre atualizado.

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner