Hezbollah acusa Israel da morte de líder militar

Hezbollah acusa Israel da morte de líder militarO Hezbollah aponta o dedo a Israel pela morte de Mustafa Amine Badreddine, líder militar do movimento xiita libanês. Badreddine foi morto aos 55 anos numa explosão perto do aeroporto de Damasco, na Síria.

"Este comandante mártir juntou-se a todos os líderes mártires. O martírio dele traz-nos força e coragem para continuarmos a lutar contra o inimigo sionista até à vitória, se Deus quiser."

Esta sexta-feira, antes do funeral, várias altas figuras do Hezbollah foram dar as condolências à família.

Hezbollah acusa Israel da morte de líder militarHussein Haj Hassan é o ministro libanês da Indústria e também membro do Hezbollah: “A mensagem é que este comandante mártir juntou-se a todos os líderes mártires. O martírio dele traz-nos força e coragem para continuarmos a lutar contra o inimigo sionista até à vitória, se Deus quiser.

Mesmo se idolatrado pelos correligionários, Badreddine era tudo menos um herói para o Ocidente e mesmo para muitos setores da política libanesa e países do mundo árabe. Era procurado pelo Tribunal das Nações Unidas para o Líbano por cumplicidade na morte do antigo primeiro-ministro Rafiq Hariri. 

Durante a guerra do Golfo, fugiu de uma prisão no Kuwait, onde tinha sido condenado à morte por vários atentados à bomba.
Share on Google Plus

About Coisas Judaicas

No Coisas Judaicas, fazemos de tudo para manter nossos amigos e visitantes bem informados. Todo mês, mais de 45 mil visitantes do mundo inteiro procuram nosso Blog para ler sobre:Judaísmo, Israel e o mundo judaico. É a nossa missão

0 Comentários:

Postar um comentário

Deixe sua opinião

[Fechar]

Receba gratuitamente o melhor conteúdo do Coisas Judaicas no seu e-mail e fique sempre atualizado.

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner