Guarda de Auschwitz morre antes do julgamento

Guarda de Auschwitz morre antes do julgamento
Guarda de Auschwitz morre antes do julgamento. Judeus pedem justiça.

Judeus esperavam ansiosamente por julgamento de antigo guarda de Auschwitz. Alemão de 93 anos acabou por morrer antes de responder perante a justiça.

Faltavam apenas alguns dias para o seu julgamento quando Ernst Tremmel morreu. O antigo guarda do campo de concentração nazi Auschwitz ia responder perante a justiça a 13 de abril.

Apesar de não estar diretamente envolvido na morte de judeus, as autoridades alemãs consideram que o alemão de 93 anos de idade auxiliou no assassinato de pelo menos 1.075 pessoas.

Ernst Tremmel tinha 19 anos quando se tornou guarda em Auschwitz. Ocupou o cargo durante oito meses, entre novembro de 1942 a junho de 1943, segundo reporta a BBC.
Com a sua morte cai por terra a possibilidade de ser punido pelo extermínio levado a cabo pelo regime nazi. Inconformados ficam dois judeus que sobreviveram ao Holocausto mas que viram os pais morrer nas mãos dos nazis.

Israel Loewenstein e Henry Foner, com 91 e 83 anos, respetivamente, fugiram para o Reino Unido com outras crianças judaicas, em 1939. Queriam justiça, mas dizem-se agora certos de que “ nunca haverá um ponto final, já que não se pode recuperar o que se perdeu”.
Share on Google Plus

About Coisas Judaicas

No Coisas Judaicas, fazemos de tudo para manter nossos amigos e visitantes bem informados. Todo mês, mais de 45 mil visitantes do mundo inteiro procuram nosso Blog para ler sobre:Judaísmo, Israel e o mundo judaico. É a nossa missão

0 Comentários:

Postar um comentário

Deixe sua opinião

[Fechar]

Receba gratuitamente o melhor conteúdo do Coisas Judaicas no seu e-mail e fique sempre atualizado.

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner