Header Ads

  • Breaking News

    Celular na Sinagoga

    Celular na Sinagoga
    Pergunta:
    Há uma pessoa em minha sinagoga a quem tenho vontade de chamar a atenção, pois me incomoda tremendamente (acredito que a maioria também). Ele está sempre no celular, andando e escrevendo mensagens de texto, enquanto outros estão completando suas preces! Qual poderia ser a emergência? O que dá a ele o direito de engajar-se nessas atividades quando todos estão rezando? Existem algumas fontes na Lei Judaica que eu possa mostrar a ele para convencê-lo de que seu comportamento é inadequado?

    Resposta:
    Entendo a sua preocupação. Infelizmente, este é o problema em muitas sinagogas. Ao examinar as próprias ações, há decididamente razão para dizer que é melhor desligar o celular quando estiver na sinagoga.

    Há um mandamento dado por D'us: “Você deve certamente admoestar seu próximo.”1 No entanto, sempre que quisermos repreender alguém, precisamos primeiro fazer a nós mesmos as seguintes perguntas:
    1 – Já tentei julgar a pessoa favoravelmente? Poderia talvez haver alguma circunstância que desconheço?
    2 – O desejo de repreender vem do local certo? Trata-se apenas de consertar um problema, ou há aqui uma agenda pessoal?
    3 – Estou dizendo essas palavras simplesmente para “afirmar minha opinião” e preencher minha necessidade de protestar, ou minhas palavras poderiam realmente ser eficazes?
    4 – As palavras estão sendo ditas por amor? Por verdadeira preocupação? As outras pessoas enxergarão dessa forma?
    5 – Quais palavras têm a maior chance de atingir aquele objetivo? Imagine-se no lugar da outra pessoa. Quais palavras o atingiriam? Com frequência não é um sermão ou a origem que falam a uma pessoa, mas sim a maneira respeitosa na qual a preocupação é explicada (sem jamais envergonhá-lo).
    6 – Sou a melhor pessoa para trazer o assunto à baila, ou há outro que poderia dizer a mesma coisa e conseguir mais?
    7 – Esta é a hora certa para repreender, ou há outro tempo e lugar com uma chance melhor de dar certo?2

    Uma vez que todas essas condições tenham sido preenchidas, a pessoa conseguirá encontrar a melhor maneira de abordar o assunto de maneira respeitosa.

    Notas: 
    1 – Vayicrá 19:17
    2 – Essas questões estão baseadas nos ensinamentos do Rebes de Chabad-Lubavitch.

    Nenhum comentário

    Deixe sua opinião

    Post Top Ad

    Post Bottom Ad

    Web Statistics