Header Ads

  • Breaking News

    Netanyahu afirma que as relações entre EUA-Israel continuam sólidas apesar de divergências

    Netanyahu afirma que as relações entre EUA-Israel continuam sólidas apesar de divergências

    Jerusalém (TPS) - Com a visita do vice-presidente dos EUA, Joe Biden, a Jerusalém agendada para esta semana, o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu disse que as relações de Israel com os Estados Unidos continuam fortes, apesar de divergências entre os dois governos. 

    "Esta visita reflete os fortes laços entre Israel e nosso aliado, os Estados Unidos", disse Netanyahu após a reunião semanal de gabinete no domingo, 6/3 "Há aqueles que previram o colapso destas relações, mas este não é o caso".

    Em face da divergência entre Israel e EUA sobre a construção na Judeia e Samaria e o acordo nuclear do Irã, os críticos têm afirmado que a relação bilateral tenha sido danificada. Netanyahu, no entanto, afirmou o contrário. "As relações são fortes em todos os aspectos, bem como no que diz respeito aos desafios que enfrentamos juntos com eles na região, que irei, naturalmente, discutir com o vice-presidente durante sua visita", disse Netanyahu.

    Enquanto argumentando que a relação EUA-Israel permanece sólida, o primeiro-ministro realçou melhores laços de Israel nos últimos anos com outros países de diversas regiões do mundo. "Toda semana há um presidente, ministro, primeiro-ministro, ministro das Relações Exteriores ou outro ministro da Ásia, África, Europa, América Latina e de todo o mundo aqui, e isso, obviamente, demonstra a desenvoltura de Israel hoje na luta contra o Islã radical e em aproveitar as oportunidades do futuro, especialmente em tecnologia", acrescentou Netanyahu.
    Na semana passada Netanyahu congratulou-se com o estabelecimento de uma reunião do Knesset (parlamento israelense) para as relações Israel-África e assinalou a posição ímpar de Israel para oferecer à África ajuda tanto no setor de segurança como no tecnológico. Uma semana antes, o primeiro-ministro Netanyahu e o presidente Rivlin receberam o presidente queniano, Uhuru Kenyatta. Netanyahu disse que as visitas de dignitários estrangeiros continuarão a acontecer com frequência e que ele também vai viajar para construir essas novas relações.

    "Amanhã, o presidente da Romênia [chega], e essas visitas continuarão, juntamente com as minhas visitas a outros lugares, especialmente para o continente africano em julho deste ano", concluiu Netanyahu.



    Fonte: TPS / Texto: Jonathan Benedek / Tradução: Alessandra Franco / Foto: Hillel Maeir

    Nenhum comentário

    Deixe sua opinião

    Post Top Ad

    Post Bottom Ad

    Web Statistics