Israel quer mais brasileiros fazendo Aliá - Coisas Judaicas

Coisas Judaicas

Blog judaico

Post Top Ad

Israel quer mais brasileiros fazendo Aliá

Israel quer mais brasileiros fazendo Aliá

Share This
Israel quer mais brasileiros fazendo Aliá
Fabio Erlich, de pé esquerdo, com sua família
e outros emigrantes brasileiros na cidade israelense de Modiin.
(Cortesia da família Erlich)
Israel quer triplicar a chegada ao país de judeus que vivem no Brasil.

Israel aumentará o investimento em programas de absorção para triplicar a chegada de judeus brasileiros ao país e, desta forma, espera aumentar o número até 750 neste ano.

Migração de brasileiros e latino-americanos para Israel sobiu em 2015.

Através da Organização Sionista Mundial e da Agência Judaica, Israel investirá 1,18 milhão shekels (cerca de US$ 300 mil) em financiar um programa de aliyá (imigração judaica) que incluirá seminários, aulas de hebraico e ajuda na busca de emprego, informou nesta terça-feira o parlamento israelense em comunicado.

O número de judeus do Brasil que emigraram para Israel cresceu quase 50% nos últimos anos, segundo dados da Agência Judaica, desde 191 em 2012 aos 276 registrados em 2014, último número publicado.

O Comitê para a Imigração, Absorção e Assuntos da Diáspora do parlamento anunciou hoje que os planos é que este número chegue até os 750 em 2016.

O presidente da ONG Beit Brasil (Casa Brasil) dedicada a facilitar a integração para os brasileiros que querem viver em Israel, Michael Abadi, acredita que o crescente interesse por este país se baseia em parte na crise econômica vivida pela nação sul-americana e a percepção de um crescente sentimento antissemita.

Representantes da Agência Judaica e a Organização Sionista Mundial se comprometeram a aumentar o pessoal dedicado a ajudar os judeus brasileiros no processo de absorção e anunciaram a abertura de 15 escolas de hebraico no Brasil.

Em 2015, a emigração judia a Israel desde América Latina aumentou mais de 7%, com especial incidência dos brasileiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião

Post Bottom Ad

Pages

Real Time Web Analytics