Israel aprova plano econômico para melhorar condições da minoria árabe

Israel aprova plano econômico para melhorar condições da minoria árabe

Jerusalém, 31 dez 2015 (AFP) - O governo israelense aprovou nesta quarta-feira (30) um plano econômico de mais de 2 bilhões de euros destinados a melhorar as condições da minoria árabe no país - anunciaram autoridades locais.

Os árabes israelenses são descendentes dos palestinos que ficaram em sua terra, por ocasião da criação do Estado de Israel, em 1948. Representam, aproximadamente, um quinto da população israelense, de maioria judia, e se queixam de serem discriminados.

Segundo um comunicado do gabinete do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, esse plano se refere, sobretudo, a setores como educação, transportes, mercado de trabalho, infraestrutura, cultura e esporte.
Israel aprova plano econômico para melhorar condições da minoria árabe
Aprovado nesta quarta-feira, este plano estará escalonado ao longo de cinco anos e pode alcançar um montante final de 2,35 bilhões a 3,52 bilhões de euros, disse à AFP um funcionário do governo que pediu para não ser identificado.

O líder dos partidos árabes no Parlamento israelense, Ayman Odeh, recebeu o plano com prudência, avaliando que "é o resultado de uma longa luta que ainda não terminou".
Share on Google Plus

About Coisas Judaicas

No Coisas Judaicas, fazemos de tudo para manter nossos amigos e visitantes bem informados. Todo mês, mais de 45 mil visitantes do mundo inteiro procuram nosso Blog para ler sobre:Judaísmo, Israel e o mundo judaico. É a nossa missão

0 Comentários:

Postar um comentário

Deixe sua opinião

[Fechar]

Receba gratuitamente o melhor conteúdo do Coisas Judaicas no seu e-mail e fique sempre atualizado.

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner