Header Ads

  • Breaking News

    Cinco países onde ser cristão é risco de vida

    É um absurdo pensar que em pleno 2015 milhares de pessoas morram por causa das suas crenças e religiões. A Declaração Universal dos Direitos Humanos afirma que todos os indivíduos devem ter suas religiões (assim como sua liberdade de expressão) respeitadas, mas, infelizmente não é essa a realidade.

    1-Coreia do Norte

    Coréia do Norte
    Pelo 12º ano consecutivo a Coreia do Norte é considerada a nação que mais persegue cristãos. Cerca de 70 mil fiéis estão, de acordo com o Open Doors, trabalhando forçadamente no local por causa de suas religiões.
    Os moradores da Coreia do Norte devem adorar apenas Kim Jong-Un, o líder-Deus. Mesmo assim, estima-se que o local seja moradia para uma média de 300 mil cristãos.

    2-Síria

    Síria
    Na Síria as pessoas que têm coragem de se assumir como cristãos enfrentam massacres, chacinas e perseguições.
    Antes dos conflitos entre o ditador Bashar al-Assad e os rebeldes do ISIS, os cristãoes eram tolerados no país. Agora, 1,3 milhão de pessoas são vistas com maus olhos.

    3- Iraque

    Iraque
    Desde 2013 diversos cristãos estão sofrendo ataques no Iraque. Diversos grups terroristas islâmicos querem remover completamente esses religiosos do país.
    De acordo com pesquisas, acredita-se que todo dia pelo menos um cristão seja morto ou sofra maus tratos no Iraque.
    Por enquanto, 500 mil cristãos ainda moram no Iraque.

    4-Afeganistão

    Afeganistão
    Se você for cristão no Afeganistão não pode fazer reuniões públicas, ou declarar para as pessoas a sua religião. Em 2010 um grupo de ex-muçulmanos convertidos ao cristianismo apareceram na TV local durante um batismo, o que despertou a ira dos governantes. Abdul Sattar Khawasi, congressista do parlamento nacional, chegou a pedir o assassinato em praça pública de todas as pessoas que apareciam na gravação.
    Comparado com os outros países o Afeganistão tem poucos cristãos: apenas 8 mil.

    5-Paquistão

    Paquistão
    No Paquistão quem segue o cristianismo é isolado do resto das pessoas. No caso de mulheres que seguem essa doutrina a situação fica ainda pior, poisa chance de elas sofrerem abusos sexuais é bastante alta.
    Mesmo assim, 5,3 milhões de cristãos vivem no país.

    Nenhum comentário

    Deixe sua opinião

    Post Top Ad

    Post Bottom Ad

    Web Statistics