Respeito ao Shabat pode acabar com futebol em Israel - Coisas Judaicas

Coisas Judaicas

Blog judaico

Post Top Ad

Respeito ao Shabat pode acabar com futebol em Israel

Respeito ao Shabat pode acabar com futebol em Israel

Share This
Maccabi Footaball - Coisas Judaicas
Os amantes do futebol em Israel podem ficar sem campeonato nacional, caso o governo não autorize os atletas a jogarem durante o Shabat, dia de descanso da religião judaica, alertou a Federação do país nesta quarta-feira.
"Se o governo não nos autorizar a jogar durante o Shabat, todos os jogos, tanto da liga nacional como da liga juvenil, serão anulados a partir do dia 12 de setembro", declarou à AFP Eitan Dotan, um porta-voz da Associação de Futebol de Israel.
Os israelenses sempre jogaram futebol durante Shabat, que se respeita de sexta-feira à noite ao sábado à noite, explicou a federação. Uma parcela das partidas do campeonato é disputada aos sábados pela tarde, quando as atividades em Israel são suspensas para respeitar o dia de descanso previsto na Torá, texto sagrado do judaísmo.
Mas esta exceção para o futebol foi questionada em agosto por um tribunal do trabalho de Tel Aviv, que proibiu as partidas durante o Sabá. A corte foi solicitada por vários jogadores profissionais judeus que não queriam continuar "dessacrando o Shabat".
A proibição está prevista para entrar em vigor de forma permanente em 12 de setembro.
"Tudo depende agora do ministro da Economia, Aryeh Deri, o único autorizado a acordar derrogações para atividades autorizadas durante o Sabá", segundo Eitan Dotan.
Aryeh Deri é o chefe do Shas, partido ultraortodoxo que luta por uma aplicação severa das normas do judaísmo.
"Devemos considerar os jogadores que não querem jogar durante o Sabá e encontrar uma solução, que poderia ser adiar as partidas para domingo, por exemplo", declarou à rádio pública Yitzhak Cohen, vice-ministro da Fazenda e também membro do Shas.
"A opção de jogar domingo é impensável, porque não há campos suficientes para sediar os jogos, que atualmente são disputados em 80% no Sabá", respondeu Eitan Dotan.
A religião judaica proíbe o trabalho, num sentido mais amplo da palavra, aos sábados e incentiva seus crentes a estudar a Torá, a orar na sinagoga ou a ficar de repouso nesse dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião

Post Bottom Ad

Pages

Real Time Web Analytics