Prisioneira judia se apaixona por oficial nazista em livro polêmico - Coisas Judaicas

Coisas Judaicas

Blog judaico

Post Top Ad

Prisioneira judia se apaixona por oficial nazista em livro polêmico

Prisioneira judia se apaixona por oficial nazista em livro polêmico

Share This
Prisioneira judia se apaixona por oficial nazista em livro polêmico

"For Such a Time", romance de estreia da autora Kate Breslin, revoltou parte da comunidade literária americana ao ser indicado ao prestigiado prêmio anual Romance Writers of America. 

De acordo com o jornal britânico "The Guardian", o livro recicla a história do Livro de Ester, parte do Antigo Testamento em que uma mulher judia se casa com o rei da Pérsia para evitar o genocídio de seu povo. 

Na trama de Breslin, Stella Muller é uma das prisioneiras do campo de concentração nazista Theresienstadt, onde trabalha como secretária de seu oficial comandante, Aric von Schmidt, por quem se apaixona e converte ao cristianismo. As indicações às categorias melhor livro de estreia e melhor livro inspirador geraram revolta. Sarah Wendell, fundadora do site literário "Smart Bitches, Trashy Books" escreveu aos diretores da premiação explicando sua indignação: "Esse é um romance entre uma prisioneira judia e um oficial nazista responsável por um campo de concentração. 

Não vejo esse arranjo como um desequilíbrio de poder que possa ser redimido em uma narrativa romântica, tampouco acho a caracterização ou a ambientação remotamente românticas." Ela menciona as vítimas do nazismo -"mais de seis milhões de judeus e 17 milhões de pessoas"- para criticar a redenção do herói de "For Such a Time". 

"Os estereótipos, a linguagem e a tentativa de redimir um oficial da SS como um herói diminuem as atrocidades do Holocausto. A conversão da heroína no final reforça a ideia de que o caminho correto é o cristianismo, apaga a identidade judia e ecoa as conversões forçadas de muitos judeus antes, durante e após o Holocausto." Wendell levou suas críticas à editora Bethany House, que publicou o livro. 

Ela ressaltou que obras semelhantes "não acontecem em um vácuo", sendo necessária a aprovação de mais de uma pessoa para suas publicações. Em declaração à imprensa, a autora Kate Breslin afirmou que "For Such a Time" nasceu de uma "compaixão ao povo judaico" após a leitura do Livro de Ester. "Minha intenção era escrever um livro que contasse uma história mais moderna sobre uma judia corajosa que, por meio da força e da fé em seu deus, usou sua situação para tentar salvar algumas de suas pessoas amadas -da maneira que Ester salvou as suas. 

Como a influência da rainha bíblica com o rei Xerxes, através de suas ações corajosas e de sacrifício, ela ajudou a despertar a consciência de um homem, levando-o a se juntar à tentativa de salvar o povo dela." Kate Breslin disse sentir muito as ofensas que seu livro possa ter causado aos judeus, por quem tem "o maior amor e respeito".

Um comentário:

Deixe sua opinião

Post Bottom Ad

Pages

Real Time Web Analytics