Israel vai tentar deter acordo nuclear "perigoso" com Irã - Coisas Judaicas

Coisas Judaicas

Blog judaico

Post Top Ad

Israel vai tentar deter acordo nuclear "perigoso" com Irã

Israel vai tentar deter acordo nuclear "perigoso" com Irã

Share This
Israel vai tentar deter acordo nuclear "perigoso" com IrãJerusalém - O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu afirmou que Israel vai fazer tudo o que puder para evitar que as potências mundiais cheguem a um acordo "ruim e perigoso" com o Irã sobre seu programa nuclear.
Ele disse em uma reunião semanal do gabinete, neste domingo, que com os Estados Unidos e o Irã sinalizando para o desenho de uma estrutura de acordo no próximo mês, "vamos fazer de tudo para frustrar um acordo ruim e perigoso, que vai lançar uma nuvem escura sobre o futuro do Estado de Israel e sua segurança".
Os Estados Unidos e outros membros do Conselho de Segurança da ONU, além da Alemanha esperam acertar um acordo global de longo prazo sobre a fixação de limites para o enriquecimento de urânio no Irã até o final de junho.
Os comentários de Netanyahu ocorrem no mesmo dia em que o chanceler iraniano Mohammed Javad Zarif disse, na Alemanha, que agora havia uma janela de oportunidade para chegar a um acordo final. "Esta é a oportunidade de fazê-lo, e precisamos aproveitar esta oportunidade", disse. "Isso pode não se repetir."
Zarif defendeu, porém, que as sanções contra o seu país deveriam ser suspensas, dizendo que se elas tinham a intenção de parar suas ambições nucleares, tinham falhado. Zarif disse que quando as sanções foram impostas, o Irã tinha 200 centrífugas e gora havia 20 mil. "As sanções são um passivo, você precisa se livrar delas se quer uma solução", disse.
Na manhã deste domingo, Zarif teve uma reunião com o secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry. Após o encontro, o chanceler iraniano disse que progressos haviam sido realizados nos últimos meses e sugeriu que seria improdutivo ampliar ainda mais as negociações. "Estamos chegando em um ponto em que é muito possível fazer um acordo... E não acredito que algo será diferente daqui a um ano".
O Departamento de Estado dos EUA caracterizou a discussão deste domingo entre Zarif e Kerry como "construtiva".
As declarações de Netanyahu também ocorrem em meio a uma polêmica sobre seu planejado discurso sobre o Irã perante o Congresso norte-americano no próximo mês. A visita foi organizada pelas costas da Casa Branca.
Fonte: Associated Press

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião

Post Bottom Ad

Pages

Real Time Web Analytics