Vítimas do ataque ao supermercado Kosher serão enterradas em Israel

Vítimas do ataque ao supermercado Kosher serão enterradas em Israel

Yoav Hattab acabara de voltar de uma visita a Israel, Yohan Cohen salvou uma criança de 3 anos de idade quando ele lutou contra o terrorista, Philippe Braham sempre quis fazer aliá e François-Michel Saada viveu pela felicidade de sua família; estas são as quatro vidas judias perdidas no ataque de sexta-feira em Paris.

Os quatro reféns mortos no ataque terrorista em um supermercado kosher Paris  na sexta-feira serão sepultados, na terça-feira, no cemitério do Monte das Oliveiras, em Jerusalém, de acordo com Robert Ejnes, diretor do CRIF, uma organização guarda-chuva das comunidades judaicas francesas, que está coordenando a transferência dos corpos das vítimas para Israel.

As quatro vítimas

As quatro vítimas são Yoav Hattab, 21, Yohan Cohen, 20, Philippe Braham, 45, e François-Michel Saada, 64.

O primeiro-ministro de Israel Benjamin Netanyahu voará para Paris para participar de uma reunião visando a unidade contra o extremismo islâmico, segundo sua equipe informou, neste sábado à noite. O ministro das Relações Exteriores Avigdor Liberman e o ministro da Economia Naftali Bennett também participarão da marcha programada para domingo na capital francesa, juntamente com vários outros líderes mundiais - incluindo da Alemanha Angela Merkel, da Grã-Bretanha, David Cameron, o italiano Matteo Renzi, Mariano Rajoy da Espanha, e o presidente da Comissão Europeia Jean Claude Juncker.

Segundo informações da mídia árabe, o presidente da AP, Mahmoud Abbas, e o rei da Jordânia e Sra. também estarão presentes no evento em Paris.

Postar um comentário

0 Comentários