Inteligência de Israel ajudará na luta ao terrorismo na França

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, deu ordens para o Ministério das Relações Exteriores e o serviço de Inteligência israelense, Mossad, que desse ao governo francês "todas as medidas necessárias para combater a onda de terrorismo na assistência Paris". 

"A primeira  regra na luta contra o terrorismo é se recusar a se ceder ao medo, se recusar a ter medo", disse Netanyahu nesta sexta-feira durante a visita do embaixador francês, Patrick Maisonnave.

"Temos que estar juntos para rejeitar esta onda de medo", o premier israelense.

Postar um comentário

0 Comentários