29 de dez. de 2014

O antissemitismo na Europa é assustador

Description: Danny Cohen, director of BBC Television (photo credit: Courtesy)
Diretor judeu da BBC TV disse que o antissemitismo na Europa é assustador

O diretor da BBC TV disse que o crescente antissemitismo o fez questionar o futuro, a longo prazo, dos judeus no Reino Unido.

Falando em uma conferência em Jerusalém, Danny Cohen disse que o ano passado foi o mais difícil para ele como um judeu que vive no Reino Unido.

"Eu nunca me senti tão desconfortável por ser judeu no Reino Unido como me senti nos últimos 12 meses. E isso me fez pensar sobre se lá é a nossa casa, a longo prazo, na verdade. Eu senti isto de uma maneira que eu nunca tinha sentido antes", disse ele durante uma conversa com Yonit Levi, âncora do Canal 2.



Cohen continuou: "E você viu o número de ataques contra judeus subindo. Você já viu assassinatos na França. Você já viu assassinatos na Bélgica. Foi muito triste, na verdade. E ter vivido toda a minha vida no Reino Unido, eu nunca me senti assim com tanto antissemitismo na Europa ".

Cohen, que cresceu e foi para a escola em Londres - incluindo uma escola primária judaica - é um garoto prodígio na TV. Com apenas 40 anos, ele era anteriormente o controlador de BBC1 TV, tornando-se o nomeado mais jovem para esse lugar, antes de assumir como diretor de televisão da BBC, no ano passado.

Cohen fez os comentários como um dos profissionais de televisão internacionais que participaram de uma conferência na Cinemateca de Jerusalém sobre a capacidade da comédia para impulsionar a mudança na frente social.

Description: BBC TV logo


No mês passado, o líder da oposição da Grã-Bretanha do Partido Trabalhista, Ed Miliband, que também é judeu, denunciou a ascensão do antissemitismo na Grã-Bretanha e chamou de "uma abordagem de tolerância zero ao antissemitismo no Reino Unido."

Miliband, filho de refugiados do Holocausto, citou números da Segurança da Comunidade Judaica, que indicam um forte aumento nos incidentes antissemitas. Ele elogiou a tradição de tolerância da Grã-Bretanha, mas advertiu que "a recente onda de incidentes deveria servir como uma chamada de alerta para quem pensava que o flagelo do antissemitismo havia sido derrotado e que a ideia de famílias judias com medo de viver, aqui na Grã-Bretanha, fosse impensável."

A guerra Israel-Hamas, do verão passado, provocou um aumento impressionante em incidentes antissemitas, com mais de 100 crimes de ódio relatados somente em julho - mais do que o dobro do número habitual. Entre os incidentes relatados tivemos a agressão física de um rabino, em Gateshead, ataques a sinagogas e um ataque de uma mulher árabe, vestindo um niqab, a um menino judeu que andava de bicicleta, no norte de Londres.

SHARE THIS

Author:

O Coisas Judaicas cobre uma das partes mais complicadas e controversas do mundo, o Estado de Israel. Determinado a manter os leitores totalmente informados e capacitá-los a formar e desenvolver suas próprias opiniões, o Blog existe de 2005 e sempre procuramos dar a nossos leitores noticias e opiniões avalizadas. Sobre Israel, a região e o mundo judaico.

0 comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não do Blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.Não publicamos comentários anônimos. Coloque teu URL que divulgamos