Esse viver ninguém me tira

Esse viver ninguém me tiraO primeiro longa-metragem dirigido por Caco Ciocler foi exibido semana passada no “Festival do Rio”. 

documentário “Esse viver ninguém me tira” reconstrói a trajetória da heroína anônima Aracy Guimarães Rosa, mulher do escritor João Guimarães Rosa, que, quando era chefe do setor de passaportes do consulado brasileiro em Hamburgo (Alemanha), decidiu ajudar judeus a emigrarem para o Brasil, contrariando o regime nazista e as circulares secretas emitidas pelo governo Getúlio Vargas. 

Para Caco, “o desafio foi tirar Aracy da sombra do marido famoso e conseguir sustentar seu protagonismo absoluto independente dele. Acho que minha origem judaica pesou para eu ter aceito o convite”. 

Parte das filmagens foi feita na Austrália e em Israel, onde o filme foi exibido pela primeira vez.

Postar um comentário

0 Comentários