Polêmica no Colégio Andrews no Rio de Janeiro envolve judeus

Questão envolvendo judeus gera polêmica em tradicional colégio do Rio
Logomarca da instituição de ensino

Questão envolvendo judeus gera polêmica em tradicional colégio do Rio

Uma pergunta de uma prova de geografia comparou judeus a nazistas 


    • Ouça a entrevista com o diretor da instituição!

      Ouvir
      Duração: 00:04:36
    Uma questão de uma prova de geografia aplicada nesta quarta-feira a alunos do oitavo ano do colégio Andrews, na Zona Sul do Rio, provocou polêmica entre os pais dos estudantes e discussão nas redes sociais. A questão diz o seguinte:
    “Conforme é sabido, os judeus foram perseguidos por Hitler durante o Nazismo. Atualmente um determinado povo é tido como vítima dos israelenses, tendo que viver em assentamentos isolados controlados por Israel. Chegaram invadindo, tomando terras e assassinando... Quem será pior?  Nazistas ou Judeus?”
    Após o texto de introdução, havia uma charge retratando um soldado nazista com uma criança judia e ao lado um soldado israelense com uma criança supostamente palestina.  Veja:


     Foto: Reprodução / Facebook.
    Em entrevista exclusiva à Rádio Globo, o Diretor do Colégio Andrews, Pedro Flexa Ribeiro, admitiu que a questão foi inadequada e, por consequência, anulada:
    “O fato procede, foi reportado por um pai de aluno. Esse é um episódio isolado. Não reflete os valores que o colégio preza." 
    Pedro Flexa Ribeiro ressaltou que uma circular com um pedido de desculpas foi entregue aos alunos: 
    “A vida inteira o Andrews, no seu ambiente educativo, acolheu crianças oriundas de famílias diferentes. É possível sim que pessoas tenham sido ofendidas. Enviamos uma circular para as famílias pedindo desculpas  e vamos entrar em sala de aula para conversar com os alunos”, disse o diretor.
    Pedro Flexa Ribeiro disse que ainda não conversou com o professor que formulou a questão. O diretor do colégio Andrews informou que estuda quais providências deve tomar sobre o caso. 

    Polêmica com judeus também aconteceu em outro colégio, no Rio 
    No início do mês, um professor do Colégio QI, também do Rio de Janeiro, teria incitado o ódio aos judeus ao aplicar um exercício para seus alunos da 1ª série do Ensino Médio, em que deveria ser completada a seguinte frase: ''Meu pai quer que eu _________ (odiar) os judeus".
    Veja a questão:


    Após receber centenas de reclamações dos membros da comunidade judaica, a Federação Israelita do Rio de Janeiro (Fierj) notificou o colégio para tomar providências imediatas no caso.
    Em nota, o colégio admitiu o fato e se desculpou perante aos alunos, professores e membros da comunidade judaica que teriam se ofendido com questão.  
    “Rechaçamos toda e qualquer forma de discriminação e preconceito e nutrimos por toda a Comunidade Israelita o mais profundo respeito e admiração”, complementou a nota da instituição. 
    Share on Google Plus

    About coisasjudaicas@gmail.com

    No Coisas Judaicas, fazemos de tudo para manter nossos amigos e visitantes bem informados. Todo mês, mais de 70 mil visitantes do mundo inteiro procuram nosso Blog para ler sobre:Judaísmo, Israel e o mundo judaico. É a nossa missão

    0 Comentários:

    [Fechar]

    Receba gratuitamente o melhor conteúdo do Coisas Judaicas no seu e-mail e fique sempre atualizado.

    Enter your email address:

    Delivered by FeedBurner