Tolerância zero com extremistas na visita do Papa a Israel

Tolerância zero com extremistas na visita do Papa a IsraelIsrael Polícia sem tolerância para quem queira estragar visita do Papa. Um oficial da polícia israelense garantiu hoje tolerância zero aos extremistas judeus que queiram estragar a próxima visita do papa vandalizando lugares santos para os cristãos.

Falando aos jornalistas em Jerusalém, Yohanan Danino, comissário da polícia, disse que um grupo de extremistas estava a tentar criar pressão, provocando e procurando criar um mau ambiente antes da visita do papa Francisco, que começa no próximo dia 25.

"Não temos qualquer intenção de tolerar isso", afirmou, na sequência de ações de extremistas judeus contra bens palestinianos e árabes, incluindo vandalização de mesquitas e igrejas.

Apesar de a polícia ter feito dezenas de detenções as mesmas não têm resultado em processos judiciais, o que tem motivado preocupações dos líderes cristãos.

"Faremos tudo para garantir que os lugares sagrados cristãos não sejam vandalizados e garantir que a visita seja um sucesso", disse o oficial.

Apesar de não haver nenhuma "informação concreta" de ameaças à visita do Papa a polícia estará muito atenta, garantiu.

Na semana passada o patriarca Fuad Twal, chefe da igreja católica romana na Terra Santa, advertiu para os ataques contra muçulmanos e cristãos que estão a envenenar a atmosfera, estando os representantes da Igreja preocupados com a falta de segurança.
Share on Google Plus

About coisasjudaicas@gmail.com

No Coisas Judaicas, fazemos de tudo para manter nossos amigos e visitantes bem informados. Todo mês, mais de 70 mil visitantes do mundo inteiro procuram nosso Blog para ler sobre:Judaísmo, Israel e o mundo judaico. É a nossa missão

0 Comentários:

[Fechar]

Receba gratuitamente o melhor conteúdo do Coisas Judaicas no seu e-mail e fique sempre atualizado.

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner