Google ‘reconhece’ Estado da Palestina


Site de buscas substitui ‘territórios palestinos’ por ‘Palestina’;  reconhecimento como Estado observador ocorreu em novembro
A Palestina já pode ser considerada um Estado – pelo menos na internet. Nesta quinta-feira, 2, o Google fez uma pequena porém significativa mudança no endereço de buscas www.google.ps:  logo abaixo do logo da empresa, onde se via a a inscrição ”territórios palestinos”, em árabe, agora consta “Palestina”.

Postar um comentário

0 Comentários