Sabotadores explodem gasoduto que liga Egito a Jordânia e Israel


Explosão foi detonada a oeste de al-Arish, no Sinai, segundo testemunhas. Primeira eleição desde queda de Hosni Mubarak ocorre nesta segunda (28).

Sabotadores explodiram um gaseoduto que liga o Egito à Jordânia e a Israel. Testemunhas e fontes da segurança confirmaram a informação, poucas horas antes de o país realiza sua primeira eleição livre desde que o presidente Hosni Mubarak foi derrubado em fevereiro.

A explosão foi detonada a oeste de al-Arish, no Sinai, segundo testemunhas. Forças de segurança e caminhões de bombeiros correram para o local.  As eleições parlamentarem desta segunda e terça-feira são consideradas o primeiro passo para transferir o poder no Egito para os civis, uma medida prometida pelo conselho militar que substituiu Mubarak.

Alguns egípcios querem estabilidade, depois de uma semana de violência em que 42 pessoas morreram e mais de 2 mil ficaram feridas. As turbulências políticas levaram a economia do país a uma crise profunda. Ativistas convocaram protesto público para aumentar a pressão sobre os generais. No meio da tarde do domingo (27), havia milhares na praça, centro dos protestos que derrubaram Mubarak

Postar um comentário

0 Comentários