• Ultimas

    Coisas Judaicas

    O Blog judaico

    04/05/2011

    Falecimento do Rabino Yehuda Busquila z’l


    É com pesar que comunicamos o falecimento do querido e inesquecível Rabino Yehuda Busquila z’l ocorrido em 2 de maio. Contratado pela CIP em 1988, desenvolveu importante trabalho junto ao Ensino da entidade. 

    Além de moré, desempenhava também o trabalho de mashguíach, supervisionando a cashrut de vários alimentos produzidos em São Paulo e também em outros países. No Cabalat Shabat da próxima sexta-feira, dia 6/5, a Congregação Israelita Paulista (CIP) fará uma homenagem ao rabino Busquila. Prestigie.


    Leia abaixo o relato pessoal do assistente de rabinato da CIP, Uri Lam:
    “Eu o conheci como o ‘moré’, assim o chamávamos na escola da CIP. Na infância e adolescência ele foi para mim e para tantos da minha geração a ponte entre o judaísmo tradicional da casa dos nossos avós e o judaísmo liberal da nossa casa. Foi meu professor de valores judaicos na época do Bar-mitsvá na CIP, sempre com humor refinado e excelente relação com os jovens. Acompanhou a história da Congregação dos últimos anos de perto, sempre pronto a servir, a ajudar, a dar uma palavra de conforto, a um sorriso. Lia a Torá com a experiência dos sábios e o entusiasmo dos estudantes. Falava de Talmud e de Cabalá com familiaridade incomum, ensinava com clareza e humildade, sempre de igual para igual. Um exemplo para todos nós. Homem acessível que conheceu o mundo e amou o Brasil. Um dia o encontrei nos corredores da CIP e, preocupado, perguntei: “Rabino, como você está?” Já debilitado, respondeu-me: “Estou de pé, não estou? Ainda posso andar, não posso? Está tudo bem, querido, Está tudo bem, graças a Deus.” Um homem que soube aproveitar a vida e que foi grato pelo que ela o concedeu. A lembrança será a do homem que marcou a CIP pelo mérito que o fez merecer ser chamado de moré e rabino, por seu sorriso e sua simplicidade, por ser acessível. Yehuda Busquila honrou o dizer talmúdico que nos convida: “Faça para si um rabino, e assim fará para si um amigo”. Que sejamos abençoados sempre que o lembrarmos.”

    3 comentários:

    Anônimo disse...

    Imensa perda.Amigo, Mestre, Orientador, Exemplo...

    Priscila Vidigal Ruthenberg disse...

    Tenho Moré como uma das pessoas mais queridas no meu coração, uma pessoa extremamente sensivel, inteligente, humano, excelente professor, paciente e de um humor indescritivel para ensinar, e acima de tudo abençoado. Moré que vc esteja em perfeita Paz, agradeço por tudo, ao Rabino Henry Sobel.
    Moré vc fará falta !!
    Priscila Ruthenberg

    Priscila Vidigal Ruthenberg disse...

    Tenho Moré como uma das pessoas mais queridas no meu coração, uma pessoa extremamente sensivel, inteligente, humano, excelente professor, paciente e de um humor indescritivel para ensinar, e acima de tudo abençoado. Moré que vc esteja em perfeita Paz, agradeço por tudo, ao Rabino Henry Sobel.
    Moré vc fará falta !!
    Priscila Ruthenberg

    Business

    Comida Judaica

    Cultura

    Turismo