Ataques aéreos israelenses deixam cinco palestinos feridos em Gaza


Gaza (Palestina) - Cinco palestinos ficaram feridos na madrugada desta terça-feira em uma série de bombardeios aéreos israelenses sobre diferentes locais em Gaza vinculados ao braço armado do Hamas, as Brigadas Izz al-Din Al-Qassam, informaram fontes médicas locais.

Segundo testemunhas, caças-bombardeiros israelenses atacaram com mísseis vários pontos no norte e na região central da Faixa de Gaza, onde fortes explosões foram ouvidas. Adham Abu Selmeya, porta-voz dos serviços de emergência de Gaza, assinalou que dois dos feridos nos ataques eram crianças, uma das quais se encontra em estado grave. Entre os lugares bombardeados estão campos de treinamento do braço armado do Hamas e oficinas de material de construção.

O Exército israelense confirmou os ataques e assinalou que os alvos eram dois túneis usados por milicianos, dois locais de "produção e armazenamento de armas" e outros dois de "atividade terrorista", sem especificar.

"Foi uma resposta à série de bombas e foguetes Qassam e Grad disparados de Gaza contra Israel na última semana", que somam 56, assinalou o Exército em comunicado.

As milícias palestinas e o Exército israelense estão imersos nos últimos dias em uma escalada de violência. No último sábado, soldados israelenses mataram dois milicianos palestinos em Gaza, o que levou ao lançamento de Gaza de 50 morteiros contra Israel (que não deixou feridos), o maior número desde a operação "Chumbo Fundido", há mais de dois anos.

Na noite de segunda-feira, o porta-voz do Hamas, Abu Obeida, assinalou em comunicado que, se Israel colocar um fim aos bombardeios em Gaza, sua organização se compromete a retornar à situação anterior à escalada.

As informações são da EFE

Postar um comentário

0 Comentários