• Ultimas

    Coisas Judaicas

    O Blog judaico

    25/05/2006

    Significado dos sobrenomes judaicos

    Coisas Judaicas
    Sobrenomes - Coisas Judaicas



    Origem e significado dos sobrenomes dos judeus

    Há dezenas de milhares de sobrenomes judeus utilizando a combinação das cores, dos elementos da natureza, dos ofícios, cidades e características físicas.

    Um pequeno exercício é perguntar: Quantos sobrenomes judaicos podemos reconhecer com a raiz das seguintes palavras?

    Cores: Roit, Roth (vermelho); Grun, Grin (verde); Wais, Weis, Weiss (branco); Schwartz, Swarty (escuro, negro);

    Gelb, Gel (amarelo).

    Panoramas: Berg (montanha); Tal, Thal (vale); Wasser (água); Feld (campo);

    Stein (pedra); Stern (estrela); Hamburguer (morador da vila).

    Metais, pedras preciosas, mercadorias: Gold (ouro), Silver (prata), Kupfer (cobre), Eisen (ferro), Diamant, Diamante (diamante), Rubin (rubi), Perl (pérola), Glass, (vidro), Wein (vinho).

    Vegetação: Baum, Boim (árvore); Blat (folha); Blum (flor); Rose (rosa); Holz (Madeira).

    Características físicas: Shein, Shen (bonito); Hoch (alto); Lang (comprido); Gross, Grois (grande), Klein (pequeno), Kurtz (curto); Adam (homem).

    Ofícios: Beker (padeiro); Schneider (alfaiate); Schreiber (escriturário); Singer (cantor).

    Holtzkocker (cortador de madeira), Geltschimidt (ourives), Kreigsman, Krigsman, Krieger, Kriger (guerreiro, soldado), Eisener (ferreiro), Fischer (peixeiro, pescador), Gleizer (vidreiro).

    Utilizaram-se as palavras de forma simples, combinadas e com a agregação de sílabas como son, filho; man, homem; er: que designa lugar, agregando-se preferencialmente após o final do nome da cidade.

    Em muitos países adaptaram-se as terminações dos sobrenomes ao uso do idioma do país como o sufixo "ski", "sky" ou "ska" para o caso de mulher, "as", "iak", "shvili" , "wicz" ou "vich".



    Então, com a mesma raiz, temos por exemplo: Gold, que deriva em Goldman, Goldrossen, Goldanski, Goldanska, Goldas, Goldiak, Goldwicz, etc.

    A terminação indica que idioma falava-se no país de onde é o sobrenome.

    Sobrenomes espanhóis: Entre os sobrenomes judaicos espanhóis é fácil reconhecer ofícios, designados em árabe, ou em hebraico, como: Amzalag (joalheiro); Saban (saboneiro); Nagar (carpinteiro); Haddad (ferreiro); Hakim (médico).

    Profissões relacionadas com a sinagoga como: Hazan (cantor); Melamed (maestro); Dayan (juiz). Cohen (rabino). Levy, Levi (auxiliar do templo).

    Títulos honoríficos: Navon (sábio); Moreno (nosso mestre) e Gabay (oficial).

    O sobrenome popular Peres, muitas vezes escrito Perez, com a terminação idiomática espanhola, não é, no entanto, sobrenome de origem espanhola, mas uma palavra hebraica que designa os capítulos nos quais a Torá (os cinco livros do Pentateuco), se divide para sua leitura semanal, de forma a completar em um ano a leitura da Torá.

    Muitos sobrenomes espanhóis adquiriram pronuncia ashkenazi na Polônia, como exemplo, Castelanksi, Luski (que vem da cidade de Huesca, na Espanha).

    Ou tomaram como sobrenome Spanier (espanhol), Fremder (estranho) ou Auslander (estrangeiro). Na Itália a Inquisição se instalou depois que na Espanha, de modo que houve também judeus italianos que emigraram para a Polônia. Aparece o sobrenome Italiener e Welsch ou Bloch, porque a Itália é também chamada de Wloche em alemão.

    Nomes de cidade ou país de residência: Exemplos: Berlin, Berliner, Frankfurter, Danziger, Oppenheimer, Deutsch ou Deutscher (alemão), Pollack (polonês), Breslau, Mannheim, Cracóvia, Warshaw, (Varsóvia).

    Nomes comprados: Exemplos: Gluck (sorte), Rosen (rosas), Rosenblatt (papel ou folha de rosas), Rosenberg (montanha de rosas), Rothman (homem vermelho), Koenig (rei),Koenigsberg (a montanha do rei), Spielman (homem que joga ou toca), Lieber (amante), Berg (montanha), Wasserman (morador da água), Kershenblatt (papel de igreja), Kramer (que tenta passar como não judeu).

    Nomes designados (normalmente indesejáveis): Exemplos: Plotz (morrer), Klutz (desajeitado), Billig (barato).

    Sobrenomes oriundos da Bíblia: Uma boa quantidade de sobrenomes judeus deriva dos nomes bíblicos, ou de cidades européias da Ásia Menor. Isto muitas vezes fez os judeus levarem consigo as pegadas dos lugares em que se originaram. Tomemos como exemplo de "raiz de sobrenome" o nome de Abraham (Abrahão). Filho de Abraham se diz diferentemente em cada idioma. Abramson, Abraams, Abramchik em alemão, ou holandês. Abramov ou Abramoff em russo.

    Abramovici, Abramescu em rumeno. Abramski, Abramovski nas línguas eslavas.



    Abramino em espanhol, Abramelo em italiano. Abramian en armênio, Abrami, Ben Abram em hebraico. Bar Abram em aramaico e Abramzadek ou Abrampur em persa.

    Abramshvili em georgiano, Barhum ou Barhuni em árabe.

    Os judeus de países árabes também usaram o prefixo ibn. Os cristãos também passaram a usar seus sobrenomes com agregados que significam "filho de". Os espanhóis usam o sufixo "ez", os suecos o sufixo "sen" e os escoceses põem "Mac" no início do sobrenome. Os sobrenomes judaicos não tomaram a terminação sueca nem o prefixo escocês.

    Pode-se constatar essas variações olhando em catálogos telefônicos quantos sobrenomes há derivados de Abraham, Isaac e Jacob. Há também sobrenomes judeus que seguem o nome de mulheres, mas é menos comum. As vezes isto acontecia porque as mulheres eram viúvas, ou por alguma razão eram figuras dominantes na família. Goldin vem de Golda. Hanin de Hana. Perl, ou Perles de Rivka. Um fato curioso apresenta o sobrenome Ginich. A filha do Gaon de Vilna se chamava Gine, e se casou com um rabino vindo da Espanha. Seus filhos e netos ficaram conhecidos como os descendentes de Gine e tomaram o sobrenome Ginich.

    Leia também:  Feriados Judaicos

    Também há sobrenomes derivados de iniciais hebraicas, como Katz ou Kac, que em polonês se pronuncia Katz. São duas letras em hebraico, K e Z iniciais das palavras Kohen Zedek, que significa "sacerdote justo".

    Procurando uma Sinagoga?
    Sobrenomes adquiridos em viagens: Nos sobrenomes que derivam de cidades a origem é clara em Romano, Toledano, Minski, Kracoviac, Warshawiak (de Varsóvia). Outras vezes o sobrenome mostra o caminho que os judeus tomaram na diáspora. Por exemplo, encontramos na Polônia sobrenomes como Pedro, que é um nome ibérico. O que indica? Foram judeus que escaparam da Inquisição espanhola no século XV.
    Em sua origem, possivelmente eram sefaradim, mas se mesclaram e adaptaram ao meio azkenazi. Muitas avós polonesas se chamam Sprintze. De onde vem esse nome? O que significa? Lembrem-se que em hebraico não se escrevem as vogais, assim que é um nome que se escreve em letras hebraicas Sprinz, que em polonês se lê Sprintze, mas como leríamos esse nome se colocássemos as vogais? Em español, seria Esperanza, e em português Esperança, que escrito em hebraico e lido em polonês resulta Sprintze.

    Mudança de sobrenomes: Existem muitas histórias nas mudanças dos sobrenomes. Durante as conversões forçadas na Espanha e em Portugal, muitos judeus se converteram adotando novos sobrenomes, que as paróquias escolhiam para os "cristãos novos" como Salvador ou Santa Cruz. Outros receberam o sobrenome de seus padrinhos cristãos.

    Mais tarde, ao fugir para a Holanda, América ou ao Império turco, voltaram à religião judaica, sem perder seu novo sobrenome. Assim apareceram sobrenomes como Diaz ou Dias, Errera ou Herrera, Rocas ou Rocha, Marias ou Maria, Fernandez ou Fernandes, Silva, Gallero ou Galheiro, Mendes, Lopez ou Lopes, Fonseca, Ramalho, Pereira e toda uma série de denominações de árvores frutíferas (Macieira, Laranjeira, Amoreira, Oliveira e Pinheiro). Ou ainda de animais como Carneiro, Bezerra, Lobo, Leão, Gato, Coelho, Pinto e Pombo.

    Outra mudança de sobrenomes foi causada pelas guerras. As pessoas pederam, ou quiseram perder seus documentos, e se "conseguia" um passaporte com sobrenome que não denunciava sua origem, para cruzar a salvo uma fronteira, ou escapar do serviço militar.

    Nos fins do século XIX o Czar da Rússia, exigia 25 anos de serviço militar obrigatório, especialmente dos judeus. Quantos imigrantes fugiram da Rússia e da Ucrânia com passaportes mudados para evitar uma vida dedicada ao exército do Czar? Outra questão é que somos filhos de imigrantes, e muitos sobrenomes se desfiguraram com a mudança de país e de idioma. As vezes eram os funcionários da Alfândega ou da Imigração, outras o próprio imigrante que não sabia espanhol, ou escrevia mal. Por isso, muitos integrantes da mesma família têm sobrenomes similares em som, mas escritos com grafia diferente.

    Além disso, na Polônia a mulher tinha um sobrenome diferente do masculino, terminava em "ska", no lugar de "ski", pois indicava o gênero. Esses, são só alguns dos milhares de sobrenomes judeus existentes. E assim a história continua...


    Muito obrigado por ter chegado até aqui... ... Mas não se vá ainda. Ajude-nos a manter de pé o trabalho do Coisas Judaicas.

    O Blog que mantém você informado  sobre israel e o mundo judaico, e vigia a fronteira entre a civilização e a barbárie. Está a serviço da democracia e da diversidade de opinião, contra a escuridão do autoritarismo do pensamento único, da ignorância e da brutalidade. 


    Há 14 anos Coisas Judaicas exercita o espírito crítico, fiel à verdade factual, atenta ao compromisso de fiscalizar o poder onde quer que ele se manifeste. Nunca antes o blog se fez tão necessário e nunca dependeu tanto da contribuição de cada um dos leitores. Seja parceiro do  Coisas Judaicas, assine, contribua com um veículo dedicado a produzir diariamente uma informação de qualidade, profunda e analítica. Todá rabá.


          Faça sua  o teste de DNA :  DNA-Genealogia. Descubra  suas origens






     
     

    226 comentários:

    «Mais antigas   ‹Antigas   201 – 226 de 226
    flavio sobre os ventos disse...

    Olá meu Nome é Flávio Bernardo Bezerra queria sabe si sou Descendente de Judeu
    Hotmail:flavio_bernardo_@hotmail.com

    Coisas Judaicas disse...

    Caro Flávio os links do post te indicam o caminho a pesquisar. Clique nesse:
    http://www.sephardim.com/

    Boa sorte

    Paulo disse...

    Olá, amigos. Sugiro a leitura de Caminhos Cruzados - A Vitoriosa Saga dos Judeus do Recife no Século XVII, da Expulsão da Espanha à Fundação de Nova York. (www.sefer.com.br) ou (www.cultura.com.br) Um abraço.

    Fernando Sziedat disse...

    Boa Tarde. Minha familia, até meu bisavô Wilhelm Heinrich Sziedat é de familia alemã.
    Meu sobrenome é SZIEDAT. Já li isso em um site mas nao tenho certeza. Será que meu sobrenome tem alguma descendencia judaica?

    Coisas Judaicas disse...

    Faça sua busca por sobrenomes sefaradi http://www.sephardim.com/

    Coisas Judaicas disse...

    Faça sua busca por sobrenomes sefaradi http://www.sephardim.com/

    Yaron Julio disse...

    שלום חבר,
    ?מה שלומך
    אתה מישראל ועובד עם האנוסים שם בצפון מזרח הברזילאי? זה יפה מאוד. אם תרצה נוכל להיות חברים טובים
    נא, תכתוב לי באי- מייל שלי, תודה
    yaron_julio@yahoo.com.br

    Rose disse...

    Regina em minha família possuímos alguns dos sobrenomes citados acima já busquei de outras maneiras mas não cheguei a um ponto certo .
    Siqueira , Teixeira, Simão, Melo.
    Caso possa fornecer ou souber algum lugar que encontre informações mais precisa fico grata .

    Fabricio Kleinibing disse...

    Também tenho a mesma dúvida! Sou Kleinibing, que é um erro de grafia do Kleinübing.
    Certa feita uma professora de alemão me disse que a terminação übing não tem na língua alemã e seria de origem holandesa!!
    Mas nunca consegui comprovar isso...
    Em caso de interesse, meu e-mail é fabricio@fkprevidencia.adv.br.
    Abraço!

    Clara Nogueira disse...

    Ola eu sou descendente de israelense e eu queria saber oque significa a palavra Lopes

    Coisas Judaicas disse...

    Lopes: Significa “corajoso”, “vitorioso”, “filho do lobo”.

    É um prestigiado sobrenome de origem espanhola, na forma López.

    Com origem do latim lupus, surge Lope, que significa lobo. Assim, a referência ao animal denota às pessoas que recebem esse nome os seus atributos de coragem e destreza.

    Na Espanha, a desinência ez equivale a “filho de”. Deste modo, trata-se de um nome patronímico, o que significa que tem origem no nome da família (sobrenome) ou no próprio nome do pai (Lope), resultando daí “filho de Lope”, “filho do Lobo”. Em decorrência disso, diz-se que a família Lopes é uma família composta por pessoas corajosas, bem como vitoriosas.

    Por ser um nome patronímico, existem várias famílias e vários brasões com esse nome oriundos da Península Ibérica.

    É um dos sobrenomes mais populares na Espanha e o sobrenome espanhol mais comum no Reino Unido. Também está presente na língua francesa, na forma Loup ou Leu.

    fatima cris disse...

    Fatimacfadi@gmail.com

    LUZ disse...

    NACLE DAVID. QUAL É A ORIGEM?

    Coisas Judaicas disse...

    Significado do Nome David. David: Significa "amado", "aquele que é amado", "querido", "predileto". David é uma variante de Davi, nome originado a partir do hebraico Dawid, Dawídh, que deriva do termo dwd, que quer dizer "amado", "querido" ou "predileto".

    vitor videira disse...

    Que eu tenho noticia vieira é, mas não sei dizer videira.

    Decor Presentes Personalizados disse...

    Lemos é de origem Celta :)

    Julieta disse...

    Ola, Regina. Sabe me dizer se o sobrenome Faria e Siqueira são descendentes de judeu? Obrigada

    Bruno Selhorst Eing disse...

    selhorst é um sobrenome da alemanha

    Agnaldo Medeiros disse...

    Tenho forte interesse nesse assunto, pois como muitos não sei a origem exata, apenas que meus bisavós e avós paternos eram de Minas Gerais e o sobrenome advém de Portugal. Atualmente, grande parte da família está em São Paulo. Minha dúvida principal é quanto a que tribo de Israel o sobrenome Medeiros procede? (ac.medeiros@hotmail.com) Agradecido. Shalom.

    Anderson Deniz- Podologia disse...

    Boa noite.
    Minha tia avó certa vez disse acreditar que o pai dela era judeu, e talvez a mãe também.
    Ele ( bisavô paterno) era belga e veio para Brasil em meados de 1860 seu pai se chamava Jean Baptiste Denis e ele Leon Zephir Denis,a desconfiança se dava pq meu bisavô era muito discreto em relação à religiosidade dele, o nome dá cidade de infância wanfercee-baulet
    Minha bisavó veio Barcelona e se chamava Mathilde Lopez e sua mãe se chamava Paula lopez.
    Já do.lado materno tenho Rodrigues Alves ( do conselheiro) e Rosa.
    Ambos vieram de Portugal.
    Sempre tive interesse nessa busca.
    Como devo proceder?

    Maria Francisca S. Theberge disse...

    É muito interessante ver a história dos judeus e como foram um grande pilar de nossa sociedade brasileira, mesmo que se ninguém fale sobre isso.

    De parte materna tenho sobrenomes e ascendência judia, minha mãe fala que seus avós tinham um sítio judeu que plantavam para vender. Já meu pai vem de uma família ashkenazi judia "Theberg" que fugiu para a França "Théberg", mas nunca vejo muito sobre eles, imagino que a família era pequena.

    Stela Glueck disse...

    Olá, tenho o sobrenome Rosenburg Glueck... Glueck pode ser uma adaptação de Glück na vinda para o Brasil?

    Ricardo Peleteiro disse...

    Shalom!
    Poderiam informar se o sobrenome Peleteiro é judeu?

    Coisas Judaicas disse...

    O que achamos:

    A família Pelentir possui um sobrenome que é pouco comum em terras brasileiras. É de origem francesa, mas no Brasil aparece com grafias semelhantes. A seguir, veremos mais detalhes sobre o sobrenome Pelentir, como as suas origens, suas curiosidades, variantes de escrita e o brasão correspondente.

    Origem da Família Pelentir

    A origem da família Pelentir é um pouco confusa e imprecisa, complicada de ser descrita através de pessoas e documentos, já que há um certo número de membro e é difícil ligá-los ao mesmo local. Mas é uma família muito antiga, com valores históricos. Há registros em documentos desse sobrenome em Redon (região de Nantes), como uma doação para a abadia da cidade no ano de 1060.

    Também há uma doação feita ao Convento de Santa Cruz de Nantes no ano de 1138, além de registros posteriores, de 1249, 1371 e 1488. Como podemos perceber, a família é bem antiga, e se mistura à história da região de Nantes, estando presente em eventos importantes.

    Curiosidades do sobrenome Pelentir

    Além de encontrarmos pessoas com o sobrenome Pelentir no Brasil e na França, vemos nos seguintes países: Moldávia, Estados Unidos e Índia. No Brasil, as pessoas da família Pelentir estão espalhadas por todo o país, mas se concentram especialmente nos seguintes estados (do sul e sudeste): Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Em nosso país esse sobrenome está presente devido à forte imigração europeia que recebemos, e há diversas famílias descendentes.

    Variantes do sobrenome Pelentir

    O sobrenome Pelentir apresenta algumas alterações de grafia, como vemos a seguir: Peleo (da Itália); Peleport (da França, região de Bordeaux); Peleran (da Espanha); Pelet (da França); Peleta (da Itália); Peletane (da França); Peleteiro (da Espanha, região da Galícia); Peleterat (da França); Peletier (da Espanha) e Peletti (da Itália).

    Unknown disse...

    nossa, minha mãe se chama maria helena perez

    tomas hausen disse...

    Eu não entendo como conseguem fazer tanta confusão, jadaismo é só uma religião, como cristianismo e islamismo, não existe sangue judeu ou raça judaica e nem sobre-nome judeu.

    «Mais antigas ‹Antigas   201 – 226 de 226   Recentes› Mais recentes»

    Comida Judaica

    Cultura

    Turismo