Talmud ensina que D’us não dá a ninguém testes que não possam superar

Tristeza e provaçõesPergunta:

Minha vida tem passado por tantos contra tempos, que passo a duvidar se hoje vou conseguir sorrir e se amanhã terei ainda uma chance de me sentir feliz. Porque devo passar por tantas provações?

Resposta:

Não há dúvida de que alcançar a felicidade apesar das circunstâncias difíceis na vida é um enorme desafio. Porém, o Talmud ensina que D’us não dá a ninguém testes que não possam superar.
A palavra para teste em hebraico é "nisayon", cujo radical "nes" significa "elevar". A natureza de um teste é forçar-nos a nos estender além daquilo que pensamos ser capazes de fazer. Quando conseguimos, somos elevados a um nível espiritual inteiramente novo.
O mesmo radical, "nes", também significa "milagre". Quando fazemos nossa parte na superação da adversidade e vamos além de nossa capacidade, abrimo-nos à possibilidade de pequenos, ou até grandes, "milagres" pessoais.
Fico sempre inspirado e surpreso com aqueles que são fisicamente deficientes, porém parecem estar bem ajustados, aceitando as circunstâncias e determinados a irem em frente com sua vida. Muitas vezes me pergunto se na mesma situação eu poderia me portar daquela maneira.
Na Cabalá, esta palavra é chamada "o mundo da retificação". Uma crença básica no Judaísmo é que nada acontece sem um motivo ou propósito, mesmo que esteja além de nossa capacidade de entendimento. Portanto, todas as dificuldades na vida têm um objetivo, e em última análise levam a um estado de retificação. Quando se percebe isso, então o quadro geral do sofrimento humano se torna mais claro e mais fácil de lidar.
Coisas Judaicas

Coisas Judaicas

Blog Judaico - Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico

Deixe seu comentário:

0 comments:

Deixe sua opinião