O empresário russo Vyacheslav Semenchuk anunciou a criação da criptomoeda kosher Bitcoen (consonante com coen – nome do clero no judaísmo), que é projetada para simplificar os cálculos dentro da comunidade judaica.

O empresário russo Vyacheslav Semenchuk anunciou a criação da criptomoeda kosher  (consonante com coen – nome do clero no judaísmo), que é projetada para simplificar os cálculos dentro da comunidade judaica. Isto foi escrito pelo Vedomosti.
De acordo com a publicação, a iniciativa do empresário já foi apoiada pelo rabinato principal da Rússia.
“A comunidade está interessada nesta moeda, pois ela pode remover uma série de questões relacionadas à transações financeiras de acordo com a lei judaica, às quais as moedas tradicionais representam certas limitações”, disse o porta-voz do rabinato, Mikhail Lidogaster. Note que ele não especificou à quais dificuldades se referiu em seu discurso.
O criador da moeda criptográfica kosher prometeu que a rede Bitcoen funcionará no Shabat, já que é um sistema automatizado. Além disso, a moeda descontará 10% no fundo de caridade da comunidade judaica e concederá empréstimos sem juros aos necessitados.
O controle sobre o desenvolvimento do criptoativo será o chamado “Conselho dos Seis”, que incluirá membros da comunidade judaica de diferentes setores – negócios, política, finanças, tecnologia, cultura e atividades sociais. Os nomes dos integrantes ainda não foram divulgados.
Nos planos de Vyacheslav Semenchuk está incuida a realização de uma ICO, onde serão vendidas 10 milhões de moedas.
Fora isso, mais de mil israelenses se tornariam cidadãos da República livre da Liberlândia – a estrutura deste estado baseia-se em serviços eletrônicos usando a tecnologia de Blockchain.
Coisas Judaicas

Coisas Judaicas

Blog Judaico - Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico

Deixe seu comentário:

0 comments:

Deixe sua opinião