Crianças palestinianas foram recebidas por uma atriz disfarçada de rainha Isabel II de Inglaterra
O artista Banksy organizou uma festa, surrealista e sarcástica, nas ruas da cidade de Belém, na Cisjordânia, pela ocasião dos 100 anos da Declaração de Balfour - a promessa britânica para a criação de um país para os judeus na região. Uma "cerimônia de desculpas" ao povo palestiniano.

"Este conflito tem causado tanto sofrimento de ambos os lados", sublinhou Banksy em comunicadoAtrás de "Isabel II" a palavra "perdão" gravada no muro de separação (Er significa Elizabeth regina - rainha Isabel)A 2 de novembro de 1917, o então chefe da diplomacia britânica, Arthur Balfour escreveu uma carta "prometendo ao movimento sionista o favorecimento por parte de Inglaterra do projeto de fixação de emigrantes da Europa na Palestina".
"Acho que não é apropriado 'celebrar' a participação britânica neste conflito", referiu BanksyAlém desta data, este ano assinalam-se os 70 anos do plano de partilha da Palestina com a adoção de uma resolução pela ONU em 1947, que deu origem ao Estado de Israel, e os 50 anos do início da ocupação por Israel da margem ocidental, de Jerusalém oriental e da faixa de Gaza, na guerra de 1967.
Coisas Judaicas

Coisas Judaicas

Blog Judaico - Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico

Deixe seu comentário:

0 comments:

Deixe sua opinião