Pavilhão de Israel na Bienal de Veneza 2018O Ministério da Cultura israelense divulgou In Statu Quo: Architecture of Negotiation  como o tema do Pavilhão de Israel na Bienal de Arquitetura de Veneza de 2018. Na exposição, os arquitetos Ifat Finkelman, Deborah Pinto Fdeda, Oren Sagiv e curador Tania Coen-Uzzielli examinarão "o mecanismo complexo do 'status quo' em lugares sagrados compartilhados entre Israel e Palestina, que funciona como um sistema informal - controverso e frágil - de coexistência entre rivais."


Pavilhão de Israel na Bienal de Veneza 2018

LifeObject: Inside Israel's Pavilion at the 2016 Venice Biennale

As part of ArchDaily's coverage of the 2016 Venice Biennale,
 we are presenting a series of articles written by the curators of the exhibitions and installations on show.
"No contexto geopolítico da Terra Santa", argumenta a equipe curatorial, "a combinação de eventos históricos, mitos e tradições criou uma multiplicidade de lugares sagrados para grupos de religiões, comunidades e afiliações concorrentes. Estes, por sua vez," eles argumentam, "levaram à formação de uma extraordinária concentração de espaços intrincados, fragmentados e estratificados tanto historicamente quanto fisicamente". Como resultado, e através de "uma delicada teia de negociações e acordos políticos, [...] cada lugar preserva seu próprio 'modus vivendi', mantendo um protocolo meticulosamente seguido de atividades diárias, arranjos e rituais".
Coisas Judaicas

Coisas Judaicas

Blog Judaico - Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico

Deixe seu comentário:

0 comments:

Deixe sua opinião