Israel anuncia novo plano para defender a presença histórica judaica em Jerusalém
Jerusalém é judaicaO governo israelense anunciou hoje que vai lançar novo plano para “defender Jerusalém” na arena internacional, depois que Israel decidiu se retirar da Unesco – organização da ONU para a Educação, Ciência e Cultura -, em represália pela adoção pelo órgão de uma série de medidas que ignoraram a presença judaica em patrimônios históricos e culturais da cidade. 

O ministro Ze’ev Elkin, do Patrimônio Histórico e Cultural, disse que o novo plano “incluirá visitas a Jerusalém de formadores de opinião de diversos países, que poderão conferir diretamente o passado histórico de Jerusalém e, assim, opinar com mais propriedade sobre a importante tarefa de defender de forma isenta o patrimônio da cidade”, disse ele.

 “Para quem conhece Jerusalém, é difícil negar a presença judaica em locais históricos”, acrescentou. 

Leia mais em:
Coisas Judaicas

Coisas Judaicas

Blog Judaico - Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico

Deixe seu comentário:

1 comments:

  1. Estive em Israel duas vezes em especial Jerusalem e atesto a veracidade de que Israel pertence e sempr pertenceu ao povo judeu.

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião