Pesquisas para “judeu” no Google apontam 30% de páginas com conteúdo antissemita
Pesquisa para judeu no Google tem 30% de antissemitismoCerca de 30% dos resultados em pesquisa no Google para a palavra “Judeu” (“Judío”), em páginas de língua espanhola, contêm conteúdo antissemita. 
Esta é uma das conclusões de um relatório do Observatório Web, um grupo de vigilância com sede em Buenos Aires que monitora o ódio online.
Os 484 vídeos em língua espanhola que negam o Holocausto receberam quase 1,7 milhão de visualizações, somente em 2016. “Há uma visão preocupante do conteúdo antissemita, e essa é uma tendência crescente. Os vídeos mais vistos são sobre a negação do Holocausto”, conclui o diretor do Observatório Web, Ariel Siedler. Alguns dos vídeos são marcados com a palavra “holocuento”, um termo usado para ridicularizar o Holocausto ou sugerir que não aconteceu.
Já no Twitter, as principais tendências são a crítica às ações de Israel e a trivialização do Holocausto. O Observatorio Web é uma iniciativa conjunta do Congresso judaico Latino-Americano; da DAIA, organização-teto da comunidade judaica argentina; e do centro comunitário AMIA.
 Fonte: JTA.
Coisas Judaicas

Coisas Judaicas

Blog Judaico - Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico

Deixe seu comentário:

0 comments:

Deixe sua opinião