Nitzavim Vayelech- לשנה טובה תכתבו ותחתמו‎

בס''ד
לעילוי  נשמת
מזל בת אסתר נאצר נלב''ע ה' סיון תשמ''א
חיים בן שפיאה נאצר ז''ל נלב''ע י''ז שבט תשס''ב
אסתר בת אולגה  נלב''ע  כ''ב כסלו
מרדכי בן שרה הכהן דואק כ''ו תמוז
גרשום בן עקיבא רבינוביץ ב' אלול


Dedico a Parashá da semana em Homenagem a minha morá Evelyn Serruya, pelo seu mérito e benevolência,Que D-us a abençoe com muita alegria e sucesso em sua vida!
Hadassa Rolim🌷


Esse é o último Shabat do ano Judaico

AGENDA 5778

Atestado para justificar faltas na escola para Shabat e Yom Tov ( Imprimir e entregar para a diretoria). Nessas datas é proibido ir ao trabalho também por motivos religiosos
Nesses seguintes dias o trabalho e a frequência à escola são proibidos por motivos religiosos.
  • Se você é o dono da sua empresa não esqueça de avisar a sua secretária para não marcar reuniões nas datas que constam nesse atestado  .
  • Se você trabalha em uma empresa avise o RH para descontar essas datas dos seus dias de férias.
  • Coloquei nesse atestado somente as festas judaicas em que o trabalho é expressamente proibido nelas, em festas como Chanuca pode-se trabalhar normalmente
  • Acesse à https://ongtora.com/calendario-jucaico/  e baixe o seu atestado para festas judaicas em PDF
Essa semana vamos ler duas Parashiot : Nitzavim e Vayelech.

Parashat Nitzavim, é sempre lida no Shabat antes de Rosh Hashaná  porque o Shabat envolve espiritualmente os dias posteriores e Rosh Hashaná é o dia do julgamento no qual todas as Neshamot (nossas Almas) se apresentam na frente de Hashem.

Tanto os presidentes das tribos (que representam as pessoas mais importantes) quanto o lenhador e o aguadeiro, (que representam as pessoas menos importantes) são julgados juntos com total igualdade sendo que somos comparados à um corpo onde cabeça e pés se completam , nenhuma parte pode faltar e cada uma é julgada de acordo com a sua função.

O dia de Rosh Hashaná foi escolhido por D'us para ser o aniversário da criação do mundo . O mundo foi criado em seis dias e cada um deles é o dia da criação do mundo , mas o sexto dia que é o dia no qual o homem foi criado, foi escolhido para ser o aniversário do mundo porque o ser humano é o objetivo da criação. Porque então D'us falou para os anjos façamos o homem se somos mais importantes que os anjos? O Midrash diz que foi para nos ensinar a importância da humildade, se até D'us quando fez o homem compartilhou essa informação com os anjos porque eles teriam ligação com essa nova criatura, quanto mais nós devemos nos comportar com humildade.

Um dos vínculos que encontramos entre nós e os anjos é o chamado "Tribunal Divino". Ele é composto de anjos e Neshamot de Tzadikim. Quando fazemos uma coisa boa criamos naquele tribunal um anjo à nosso favor, quando fazemos algo ruim criamos um anjo contra nós, consequentemente o Tribunal Divino de cada um de nós é personalizado.

Diferente das outras "religiões" onde a divindade faz o que quer, no judaísmo, antes de D'us nos criar ele já tinha criado o tribunal Divino que fiscaliza nossas ações usando a Torá como referencial , e por mais que D-us seja a essência do bem ele não pode ser tirano com esse tribunal e obrigá-los a mudar um decreto à nosso favor.

Rezando por nós próprios

Sendo assim , como conseguimos por meio das nossas rezas anular os decretos do tribunal Divino? Rabi Yossef Albo que viveu na Espanha no ano de 1400 nos explica que quando nos arrependemos do que fizemos e rezamos, nos tornamos pessoas melhores e aquele decreto que tinha sido feito para uma pessoa pior perde o efeito porque essa pessoa pior deixou de existir, e para a pessoa melhor que você ficou agora é feito um decreto melhor .
 Rezando por outras pessoas
 O Baal Shem Tov tinha um mestre que descia do céu para ensinar a ele Torá. Esse mestre era o profeta Ahia Hashiloni que viveu na época do Rei Salomão e foi posteriormente o mestre de Eliahu Hanavi.

Disse o Baal Shem Tov que o profeta Ahia revelou para ele que a Sefirá Malchut é chamada de din (decreto rígido) e a raíz dos dinim é a sefirá chamada Bina. Por meio da reza elevamos o "din" até a biná e lá adoçamos ele, ou seja, mudamos o DNA dele na sua fonte e  transformamos ele em bondade. Quando rezamos por outra pessoa ligamos ela a essa raiz espiritual , à Biná, e lá ela já é outra pessoa.

Então vamos aproveitar e rezar bastante para que nós e todos os que estão ligados à nós tenhamos um ano bom e doce e que Mashiach chegue já!!!

Vayelech

וילך - פסוק- ט"ז
"וַיֹּאמֶר ה' אֶל מֹשֶׁה הִנְּךָ שֹׁכֵב עִם אֲבֹתֶיךָ וְקָם הָעָם הַזֶּה


Encontramos em Vayelech um dos cinco versículos que são excessão de regra na leitura da Torá.


Sendo que o Sefer Torá não tem pontos, para saber aonde começa ou acaba um versículo nos baseamos nos sinais de música chamados Teamim que vem desde a época de Moshe Rabeinu,

O motivo de precisarmos saber onde começa e termina o versículo é porque não podemos dizer meio versículo quando há nele o nome de Hashem para não falarmos o nome de D'us em vão. Então, para sabermos aonde terminou o versículo nos baseamos no sinal de música chamado “etnachta” que representa uma parada temporária, ou no sinal chamado “sof passuk” que representa uma parada final.

A Guemará em Yoma nos conta que Issi ben Yehudah nos ensinou que cinco versículos na Torá inteira saem dessa regra . Um deles está na nossa Parashá . O versículo diz:- "E disse D'us à Moshe você se deita com seus pais (se referindo à seu falecimento) e esse povo se levanta e.....etc.  Nesse versículo o sinal “etnachta” se encontra na palavra "seus pais" determinando que lá termina o assunto, Moshe morre e ponto! Mas aqui se encontra a exceção de regra e daqui nossos sábios na Guemará em Sanedrin aprendem a ressurreição dos mortos pela Torá escrita, colocando o ponto na próxima palavra :- "Você se deita com os seus pais e levanta", ressuscita!

O Ari Zal nos explica que , sendo que esse versículo não tem determinação e se aplica tanto ao antes do “etnachta” na palavra “e você” se referindo à Moshe , quanto ao depois na palavra “esse povo” , diz o Ari Zal que daqui aprendemos que tanto Moshe quanto esse povo se reencarnam e se tornam a última geração


  Diz o Ari ZaL que Moshe Rabeinu e toda sua geração eram a
"Dór Deáh" (geração do conhecimento) e a raíz das almas deles era o lado oculto da Sefirat Daat que é chamado no "Etz Haim" de "Leáh" . A geração paralela chamada "erev rav" também tinha a raiz na Daat mas era afetada pela mistura do bem e do mal nesse mundo.


Moshe se reencarna e se torna Mashiach e a geração dele também se  reencarna e se torna a geração do Mashiach . Até a "erev rav" também se reencarna por também ser "dór deáh" e à ela se refere o final do versículo que diz:-  "esse povo vai se levantar e ....(......)".  

As mulheres mandam nos maridos? Mashiach vai chegar!

Uma característica dessa última geração, diz o Ari ZaL, é o fato de as mulheres mandarem nos maridos. Na reencarnação anterior dessa geração, no deserto, os maridos doaram os anéis para fazer o bezerro de ouro mas as mulheres recusaram apoiar a idolatria. Por isso elas ganharam esse prêmio de mandar neles nessa reencarnação. Chegamos à conclusão de que essa geração é a nossa!!!!


Diz o Maguid de Mezritsh que outra característica da "dór deáh" é de que o assunto principal deles era o conhecimento que se expressa pela fala e eles não tinham a característica da ação. Até o próprio Moshe para abrir o mar vermelho levantou o cajado mas não bateu no mar.

Quando Moshe chegou perto da Terra Santa na qual o trabalho principal seria a ação das Mitzvot , Hashem disse para ele falar para a pedra para que a água volte mas ele bateu na pedra para já começar o trabalho da próxima geração (ação). Hashem queria que ele falasse com a pedra para elevar a próxima geração (da ação) ao nível elevado da geração dele (do conhecimento, da fala). Toda aquela geração com Moshe e a "erev rav" tiveram que falecer no deserto e esse é o trabalho de Moshe, voltar como Mashiach e elevar toda a "geração do conhecimento" (incluindo a erev rav) por meio do estudo Torá e o cumprimento das Mitzvót, "fala e ação" .
O Rebe de Lubavitch disse que essa geração somos nós


Segulot especiais para Rosh Hashaná

Hashaná
Por Rebetzin Yamima Mizrachi

• É vital não ficar brava em todos os dias, mas particularmente no primeiro dia de Rosh Hashaná; este é o dia em que o povo judeu é julgado, os gentios são julgados no segundo dia. Nesse dia há um julgamento rigoroso em Shamayim e é muito importante não ficar brava de jeito nenhum, sequer pensar com raiva. Não convide hóspedes que você sabe poderão te ‘tirar do sério’ e que você não poderá controlar; espere para receber no segundo dia. Não fique presa a preocupações, raiva e, definitivamente não à tristeza. A maneira como o ano começa é a maneira como ele fluirá no decorrer do ano. Não se permita falar de maneira ruim.
• Antes de sentar-se para o Seder, olhe todas as pessoas nos olhos e abençoe cada uma individualmente; sinta o perdão por todos que a cercam. Permita que o amor e a paz entrem no seu coração. Todos deverão dizer ‘L’Chaim’ em voz alta e abençoar a cada um com simchá completa.
• A mesa do Rosh Hashaná deverá estar repleta com uma abundância de cores e diferentes tipos de comidas.
• Maçãs & Mel: Use maçãs vermelhas; é uma segulá para um zivug, para encontrar a alma gêmea/shalom bait e para engravidar. É um eit ratzon, um momento sagrado especial; antes de comer a maçã, cheire a maçã e peça por qualquer coisa que desejar. Foi nesse momento que Yaacov recebeu a bênção de seu pai Yitzchac. Quando ele cheirou Yaacov ele sentiu a fragrância do Gan Eden, da maçã, e apesar de não merecer a brachá devido ao fato de que ela deveria ter sido dada a Esav, ele a recebeu. Peça por qualquer coisa que quiser.
• Romã & Lentilhas: Peça a Hashem que desperte seu potencial. Todos nós temos  potencial infindável; utilizamos ele por inteiro? Peça a Hashem por ajuda. Assim como é difícil separar as sementes, por favor Hashem, ajude-nos a realizar o nosso potencial para sermos o que nos foi determinado ser.
• Alho porró, Beterraba, tâmaras: Peça a Hashem que retire todos os sentimentos de ressentimento, raiva e amargura em relação a qualquer pessoa. Peça a Hashem que nos ajude a jogar estes sentimentos fora e removê-los do nosso coração. Peça a Hashem que lhe possibilite reconstruir seus sentimentos e seu relacionamento com essas pessoas.
• Cabeça de peixe: Peça a Hashem que você seja a pessoa a dirigir o seu lar e que não seja outra pessoa (como nossos filhos que tendem a nos controlar...); quando olhar para o peixe, peça que Hashem a proteja do mau olhado.
• Durante todo o seder, peça a Hashem que faça da sua casa um palácio: Você a rainha e seu marido o rei, seus filhos príncipes e princesas. Peça a Hashem que faça de todos vocês filhos do Rei; isto requer que nos comportemos como filhos do Rei, querendo dizer: NÃO FIQUE BRAVA, PREOCUPADA, TRISTE; aja como a realeza.
• Levante-se cedo no Rosh Hashaná; isto abençoará o próximo ano com tranquilidade. Um ano em que seus desejos serão atendidos rapidamente. Tende adiar seu descanso da tarde para depois das 13h00.
• É vital rezar por parnassá no Rosh Hashaná segundo Rav Dessler ztk’l.  Isto proclama que confiamos em Hashem e sabemos que tudo vem Dele. Peça para ser uma doadora de tsedacá.
• É muito importante se vestir de maneira festiva, até se vestindo de branco e sendo FELIZ!!
• Antes de ouvir o shofar, assuma sobre si mesma: V’Achavta L’Reiacha Camocha (Ame a seu próximo como a si mesma). Se você tem algum ressentimento em relação a alguém no Shul, o shofar não conseguirá ascender e adoçar os julgamentos.
• Durante o Shofar: Pense no seguinte: a ressurreição dos mortos, que Hashem pode reviver qualquer coisa que tenha ‘expirado’ dentro de você, seja física ou espiritualmente. Não fale durante o toque do shofar. Pense sobre tudo o que você quer ser. Estamos renascendo!
• É muito importante verter uma lágrima durante o shofar e passar a lágrima sobre sua testa (para apagar as transgressões [Arizal zt’l]). Isto serve como um escudo para o ano inteiro contra coisas ruins i.e. doenças. Qualquer pessoa que conseguir verter uma lágrima pode ter certeza que ela está sendo julgada naquele instante e se ela retornar para teshuvá naquele momento será abençoada com um ano bom.
• Durante o primeiro toque do Shofar, pense em uma transgressão específica que tenha cometido e peça perdão. Durante os segundos toques do shofar, os shevarim, chore/angustie-se por aqueles que estejam passando por dor e tristeza, i.e. as famílias das vítimas do terrorismo, as famílias que perderam seus entes queridos, aqueles que estão doentes...
• Durante os toques seguintes, assuma sobre si mesma uma nova mitsvá: tsniut, tefilá, tsedacá... A intenção deverá estar no seu coração, sem que pronuncie uma só palavra.
• Durante a reza do Mussaf, quando o chazan disser a palavra aye, você poderá pedir por uma das seguintes três coisas: 1) parnassá 2) Ruach Hacodesh 3) Filhos Justos
• Uma vez que tenhamos ouvido o shofar no primeiro dia de Rosh Hashaná, os julgamentos serão amenizados e adoçados e haverá menos rigor em Shamayim
• Não coma nada azedo ou muito temperado em Rosh Hashaná, apenas alimentos doces. Tudo o que você fizer impactará sobre o ano inteiro. Não use nozes nem uvas pretas.

Outras Segulot:
1) Prepare a mesa do seder no começo da tarde; é uma segulá de que nenhum problema chegará até você durante todo o ano, B’H.
2) Tente fazer ta’anit dibur, não fale na manhã do Rosh Hashaná (fale apenas palavras de Torá). Se possível, jejue também; dessa forma, 1/3 das suas transgressões serão eliminadas
3) Velas para Rosh Hashaná: Antes de acender, dê 18 (moedas, notas) para tsedacá: 18 centavos, 18 reais, etc. Isto serve como um pidyon nefesh. Peça a Hashem que caso algo de ruim, Has V’Shalom deva acontecer, que a tsedacá atue como proteção nesse caso.
4) Compre uma faca nova e use-a na véspera de Rosh Hashaná para cortar a chalá e a maçã. É uma segulá por uma vida longa e por parnassá.
5) Asse chalot: Asse chalot redondas.
6) Bircat Hamazon: O primeiro na véspera do Rosh Hashaná deverá ser recitado com entusiasmo e alegria, é uma segulá por abundancia na parnassá
7) Recite os seguintes perakim dos Tehilim: Alef, Bet, Guimel e Dalet antes de dormir nas duas noites para evitar sonhos ruins
8) Compre um vestido novo/roupa para Rosh Hashaná. Pense nesse artigo novo quando recitar a brachá de She’hechiyanu.
 O primeiro dia de Rosh Hashaná é, também, o yahrzeit de Sara Imeinu; acenda uma  vela e reze em seu mérito para que possamos ter o mérito de ser esposas e mães maravilhosas, assim como ela foi uma verdadeira Tadeket...
Shabat Shalom e חג שמח

Rabino Gloiber



Coisas Judaicas

Coisas Judaicas

Blog Judaico - Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico

Deixe seu comentário:

0 comments:

Deixe sua opinião