Conselho de Segurança da ONU renova mandato da missão de paz no LíbanoO Conselho de Segurança das Nações Unidas estendeu na quarta-feira (30) o mandato das forças de paz que atuam no Líbano para até 31 de agosto de 2018.

Em resolução aprovada por unanimidade, o órgão de 15 membros solicitou ao secretário-geral que analisasse formas de intensificar os esforços da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (UNIFIL), incluindo pelo aumento da presença visível da missão, por meio de patrulhas e inspeções, dentro de seu mandato e capacidade existentes.
O Conselho de Segurança das Nações Unidas estendeu na quarta-feira (30) o mandato das forças de paz que atuam no Líbano para até 31 de agosto de 2018.

Em resolução aprovada por unanimidade, o órgão de 15 membros solicitou ao secretário-geral que analisasse as formas de intensificar os esforços da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (UNIFIL), incluindo pelo aumento da presença visível da missão, por meio de patrulhas e inspeções, dentro de seu mandato e capacidade existentes.

Originalmente estabelecida em 1978, a UNIFIL foi amplamente reforçada após os confrontos de 2006, a fim de supervisionar o cessar as hostilidades entre Israel e o grupo libanês Hezbollah. A missão está encarregada de garantir que a área chamada de “Linha Azul” — separando Israel e Líbano — e o rio Litani estejam livres de armas, pessoas e ativos não autorizados. Ela também coopera com as Forças Armadas Libanesas para que possam cumprir suas responsabilidades de segurança.

O mandato inicial da UNIFIL incluía confirmar a retirada das tropas israelenses do sul do Líbano, além de apoiar o governo libanês a retomar sua autoridade na área.

O Conselho afirmou seu compromisso contínuo com o mandato existente da missão da ONU. Pediu ainda a cooperação de todas as partes para que, juntamente com o secretário-geral, possam fazer progressos tangíveis na busca por um cessar-fogo permanente e de uma solução a longo-prazo, tal como previsto na resolução 1701, que ajudou a acabar com as hostilidades entre Israel e Hezbollah no Líbano, em 2006.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, cumprimentou a decisão de estender os trabalhos das forças de paz no Líbano, afirmou seu porta-voz, Stéphane Dujarric, em comunicado.

Guterres reiterou que a UNIFIL, em estreita cooperação com as Forças Armadas libanesas, continuará a melhorar as atividades operacionais para implementar efetivamente seu mandato, pedindo à comunidade internacional maior apoio ao governo do Líbano nesse sentido, disse o porta-voz.

O secretário-geral enfatizou também a necessidade de todas as partes construírem uma calma duradoura, focando em um cessar-fogo permanente e agindo de forma proativa para que a solução 1701 e outras relevantes sejam implementadas, acrescentou Dujarric.
Coisas Judaicas

Coisas Judaicas

Blog Judaico - Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico

Deixe seu comentário:

0 comments:

Deixe sua opinião