Por que brancos raivosos da América caíram de amores por Putin
Brancos raivososConforme o The Blaze, a revista Vanity Fair resolveu adentrar aos estudos sociológicos mais profundos. 

Ao estudar a eleição norte-americana com cuidado, descobriram que Donald Trump venceu porque homens brancos raivosos dos EUA caíram de amor pelo presidente russo Vladimir Putin.

Na revista, Peter Savodnik conclui no texto “Por que brancos raivosos da América caíram de amores por Putin” que votar em Trump foi uma maneira de homens americanos expressarem orgulho racial, e uma preferência por mulheres “submissas” dos antigos países comunistas.

Leia a análise:

Enquanto a Europa abraçou socialistas e muçulmanos, entre outros grupos, a Rússia aparece como um último reduto de orgulho branco no mundo. Pelo menos, é assim que a Rússia se apresenta e é vista por muitos na nova direita americana – a horda raivosa, a base nacionalista branca que quer seu país de volta. Surgiram alguns vislumbres disto a partir dos anos 90, quando homens brancos raivosos voaram para moscou, depois são Petersburgo e Kiev, e depois Tomsk e Omsk e Vladivostok, em busca de belas mulheres russas para substituir suas esposas feministas na América […] o que eu descobri é que o que eles mais gostavam nas mulheres russas não era apenas que elas eram lindas, mas sim que elas eram submissas. 

Eles tinham seus valores solidificados. Quando esses homens falavam sobre mulheres americanas, elas sempre eram representadas como amargas. As mulheres americanas não sabiam como agradar a um homem: não usavam maquiagem, não sabiam cozinhar e, no fim, se perderam. Esses homens vinham do Arkansas, Ohio, Pensilvânia, Texas e do central Valley da Califórnia, e eles haviam se apaixonado pela Rússia porque estava repleta de garotas brancas que agiam da maneira como eles achavam que as garotas deveriam agir. 

A escolha de Donald Trump por suas parceiras reflete as preferências e inclinações destes homens brancos raivosos – muitos deles, pode-se imaginar, agora formam sua base. Duas de suas três esposas vieram de países eslavos, ex-comunistas. Seu casamento mais curto foi com uma americana.

Savodnik diz que Trump teve sucesso por causa do orgulho branco. Porém, ele não conseguiu explicar porque o republicano se saiu muito melhor entre negros e latinos do que seu antecessor, Mitt Romney.

Claro que Savodnik não conseguiu explicar porque o povo colombiano rejeitou o acordo com o grupo terrorista FARC. Ou porque o ministro Matteo Renzi se deu mal na Itália. Ou porque os brasileiros rejeitaram o projeto totalitário do PT. Ou porque o BREXIT aconteceu.

Será que todos estavam interessados em mulheres russas submissas?


Trump chama neonazistas, KKK e grupos que pregam supremacia branca de 'repugnantes'

Coisas Judaicas

Coisas Judaicas

Blog Judaico - Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico

Deixe seu comentário:

0 comments:

Deixe sua opinião