Autoridade Palestina destina US$ 355 milhões para famílias de terroristasA Autoridade Palestina recompensa as famílias de terroristas – como a de Omar al-Abed, que assassinou três israelenses no dia 21 de julho – com pagamentos mensais de US$ 3.120, o dobro do salário médio de um trabalhador palestino. Esta quantia é dada aos terroristas condenados por Israel a 30 anos ou mais de prisão.
Como informa o jornalista Liel Leibovitz, do Tablet Magazine, a Autoridade Palestina usa parte do dinheiro que recebe de doações de diversas fontes internacionais, incluindo o contribuinte norte-americano, para recompensar os terroristas. Apenas para comparação: um engenheiro palestino ganha, em média, cerca de US$ 1.300 por mês.
A ONG Palestinian Media Watch informou que os pagamentos aos terroristas presos aumentaram 13%, de US$ 135 milhões em 2016 para US$ 158 milhões este ano. O orçamento para pagamentos a terroristas e suas famílias no ano de 2017 é de US$ 355 milhões.
Coisas Judaicas

Coisas Judaicas

Blog Judaico - Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico

Deixe seu comentário:

0 comments:

Deixe sua opinião